Verificada por:
Membro Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - Dr. André Gonçalves de Freitas Colaneri, CRM-SP 87886
Criação: 29 Fev 2016 · Atualização: 6 Mai 2022
Informação redatada por: Edilena Ramos

Navegação

  • O que é?
  • Como sei se sou candidata?
  • Como escolher meu cirurgião?
  • Como é a primeira consulta com o cirurgião?
  • Os diferentes tipos
  • Sobre o procedimento
  • Pós-operatório
  • Resultados e benefícios
  • Complicações e efeitos colaterais
  • Perguntas Frequentes
  • Bibliografía
  • Colaboradores do tratamento

Dr André Colaneri fala sobre a cirurgia

O que é?

Esta é uma intervenção destinada a eliminar a hipertrofia dos pequenos lábios, ou seja, a formação de excesso de pele que torna os lábios maiores, ficando expostos e dando uma aparência flácida e muitas vezes escurecida à região genital. Lábios muito grandes causam insegurança em algumas mulheres, também causam desconforto, aborrecimento e até mesmo dor durante exercícios e relações sexuais. Podem também causar dificuldade de higienização e candidíase de repetição.

Usar roupas muito apertadas ou ir a praia pode se tornar um problema social na vida dessas mulheres. Além disso, a hipertrofia pode causar irritações ou dificuldades funcionais, como,por exemplo, caminhar, andar de bicicleta ou praticar esportes. Às vezes, o desconforto também pode ocorrer durante a relação sexual, em que os pequenos lábios interferem na penetração.

O procedimento de intervenção consiste no corte do excesso de tecido dos pequenos lábios. Usa-se bisturi cirúrgico ou laser. O uso do laser proporciona um menor sangramento e inchaço, com melhor recuperação. Porém, é importante comentar que a intervenção em nenhum caso visa aumentar o prazer sexual, seja por razões estéticas ou funcionais.

formato da vagina

Se você quer ter filhos, é melhor esperar

Como sei se sou candidata?

As candidatas à ninfoplastia são pacientes que apresentam aumento e exposição dos pequenos lábios vaginais e sentem um desconforto em relação à sua intimidade, tanto por razões estéticas físicas e/ou funcionais.

Os pequenos lábios crescem na puberdade, logo a cirurgia somente é indicada depois dela. A maioria dos casos é genética, mas uso de hormônios, anabolizantes, problemas endocrinológicos ou que alterem os hormônios podem causar aumento das ninfas (pequenos lábios vaginais).

Em qualquer caso, recomenda-se sempre completar a fase da puberdade antes de se submeter à cirurgia e, acima de tudo, refletir cuidadosamente sobre a realização desse procedimento porque é um processo que não se pode voltar atrás.

E de toda maneira procurar um profissional que seja da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

cirurgião labioplastia

Pesquise bastante sobre o seu profissional

Como escolher meu cirurgião?

Antes de escolher o seu cirurgião, verifique se ele está registrado no site oficial da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e pesquise sobre sua experiência neste tipo de cirurgia íntima.

É importante estar confortável com o(a) médico(a). Não hesite em perguntar todas as suas dúvidas e de contar como se imagina depois do procedimento. Peça para ver várias fotos de resultados antes de operar.

Como é a primeira consulta com o cirurgião?

O cirurgião examinará o paciente e explicará os diferentes métodos usados ​​para realizar uma ninfoplastia. Uma vez ilustradas todas as possibilidades, o médico e o paciente avaliarão juntos a melhor solução para cada caso individual, levando em consideração as expectativas, as características individuais e a história clínica do paciente.

O especialista irá explicar como o procedimento é realizado, pós-operatório e o tempo de recuperação. É importante sempre informar o seu médico sobre todas as medicações usadas, doenças prévias por exemplo diabetes, doenças cardiovasculares, assim como seus hábitos (tabagismo, uso de drogas, etc) entre outros detalhes.

Durante sua primeira consulta, não hesite em fazer todas as suas perguntas ao cirurgião: compartilhe suas dúvidas, medos e expectativas.

Os diferentes tipos

A ninfoplastia é a cirurgia íntima mais comum, mas na verdade existem diferentes tipos de intervenção, como também esclarecem os especialistas da Sociedade Brasileira de Cirurgias Plásticas:

  • Redução dos pequenos lábios (ninfoplastia): é realizada quando os pequenos lábios são maiores, alongados ou assimétricos.
  • Redução dos grandes lábios: algumas pacientes podem apresentar os grandes lábios vaginais (que ficam externamente aos pequenos lábios) volumosos, dando um aspecto “gordo” à região genital. A cirurgia visa a redução do seu volume.
  • Redução da flacidez dos grandes lábios: os grandes lábios vaginais costumam perder gordura com o tempo e ficarem mais flácidos e murchos. Quando isso acontece, passam a expor ainda mias os pequenos lábios, piorando o aspecto flácido genital. A cirurgia de correção pode ser o enxerto de gordura associado ou não à retirada de pele (nos casos mais acentuados de flacidez).

É comum a associação da cirurgia dos pequenos lábios e dos grandes lábios vaginais.

Sobre o procedimento

O procedimento 

A ninfoplastia é uma operação cirúrgica realizada em hospitais, podendo ser realizada com anestesia local e sedação ou raqui. O procedimento pode ser realizado com o bisturi ou laser. No final da intervenção, são aplicadas suturas/pontos absorvíveis, que não precisam ser retirados. A intervenção pode durar entre 30 minutos e 3 horas (dependendo se está associada ou não a outras intervenções).

As técnicas
Existem mais de 10 técnicas para realizar este procedimento. O cirurgião escolherá qual técnica melhor se adequa a você, com base em um estudo cuidadoso de sua anatomia e os resultados desejados. Abaixo explicaremos as duas técnicas mais comuns.

Ninfoplastia Triangular
Neste procedimento, o excesso de tecido é removido através de uma incisão em forma de V. Esta técnica oferece um resultado muito natural, pois mantém a anatomia dos pequenos lábios. No entanto, existe um risco maior de deiscência (abertura de pontos), o que pode exigir um segundo retoque. Nos casos de pequenos lábios grossos ou escuros não costumam dar um bom resultado, visto manter estas características.

Ninfoplastia Longitudinal
Este método envolve a remoção do excesso de tecido ao longo de todo o comprimento do lábio, do prepúcio até a parte posterior do ânus. As cicatrizes ficará na borda do lábio. E costumam ficar discretas. Por retirar a borda dos pequenos lábios, retiram a parte mais escura e rugosa, que muitas vezes são maior queixa das pacientes. O uso do laser propicia também a retirada de tecido interno, afinando os pequenos lábios, além de deixá-los menores.

Cuide-se após a cirurgia

Pós-operatório

  • Imediatamente após a intervenção
    O pós-operatório não costuma ser muito doloroso, e qualquer desconforto pode ser aliviado através de medicamentos analgésicos. Inchaço ou ligeira secreção podem ocorrer. Recomendamos o uso roupas íntimas largas, calças largas (esportivas) ou saias, para estimular uma boa cicatrização e evitar complicações.

  • Durante a primeira semana
    A formação de um ligeiro edema durante os primeiros dias após a operação é normal, mas o corpo vai se recuperando aos poucos, deixando o resultado cada vez mais natural. É importante ouvir os conselhos do seu cirurgião sobre higiene pessoal: Normalmente é aconselhável usar água e um pouco de sabão íntimo para limpar suavemente a área tratada, sem esfregar, secando totalmente a região para não promover infecções. Deve-se evitar banhos quentes e demorados.

É possível voltar a trabalhar depois de 3 dias. Trabalhos que demandam esforços ou muita movimentação, melhor esperarem ao menos 14 dias.

  • Durante o primeiro mês

Deve-se evitar exercícios e relações sexuais por um mês, visto que a cicatriz ainda está recente.

  • Depois do primeiro mês
    A fase de reestabilização começará e os hábitos diários normais serão retomados, contanto que as cicatrizes estejam completas e regulares. Neste ponto, as cicatrizes ficarão quase invisíveis, mas poderão continuar a evoluir mesmo durante um ano inteiro, ficando cada vez mais naturais.
resultados da cirurgia de redução dos lábios vaginais

Esteja sempre em contato com o seu profissional

Resultados e benefícios

Os resultados de uma labioplastia podem ser avaliados após 3 meses da intervenção, mesmo que o resultado final demore mais ou menos um ano.
Benefícios da cirurgia:

  • Melhoria da higiene íntima
  • Redução da irritação devido à fricção de roupas
  • Permite superar o desconforto psicológico e físico
  • Aumento da autoestima
  • Não altera a sensibilidade 

Vídeo realizado por Dr André Colaneri

Complicações e efeitos colaterais

Como em qualquer procedimento cirúrgico, sempre há riscos possíveis associados ao procedimento. Dentro eles, mesmo que sejam complicações raras, é possível que:

  • Os pontos abram e a ferida fique aberta
  • Infecções
  • Irregularidades
  • Sangramentos
  • Hematomas
  • Assimetria

Qualquer sinal de complicação deve ser informada ao médico.

Perguntas Frequentes

  • Já realizei o procedimento há duas semanas, posso voltar a usar calcinha?  "Este é o normal e como deve ser a recuperação. Geralmente os pacientes podem retornar ao trabalho de escritório em 3 dias. Evitando um grande inchaço é o maior fator de recuperação mais tranquila." Dr André Colaneri
  • Existe labioplastia a laser? "Sim, existe labioplastia a laser. A vantagem é um menor sangramento e inchaço, com melhor recuperação. É uma cirurgia com anestesia local e sedação e alta no mesmo dia. Geralmente as pacientes retornam para o trabalho de escritório em 3 dias" Dr André Colaneri
  • Depois de realizar a cirurgia, é possível voltar a crescer? Os pequenos lábios vaginais crescem na puberdade (adolescência) (adolescência) devido a estímulos hormonais. A gravidez, assim como uso de hormônios anabolizantes podem também levar ao crescimento. Porém, depois da cirurgia não há crescimento, exceto se for usado hormônios. A gravidez não gera estimulo suficiente para um crescimento tamanho para voltar ao tamanho antes da cirurgia. Sendo assim, não é provável precisar de outra cirurgia." Dr André Colaneri
  • É possível perder a sensibilidade após o procedimento ? "Fique tranquila, a labioplastia não interfere em nada na sensibilidade e no prazer sexual. A inervação dos pequenos lábios é mantida íntegra e o clitoris NÃO é manipulado." Dr André Colaneri
  • Há infecção no pós operatório?  "É muito raro dar infecção na labioplastia. Seguindo a orientação quanto à higiene e cuidados pós-operatórios e tomando os medicamentos indicados, como antibioticos, a cirurgia é muito segura e muito difícil de infectar. Procure um especialista em cirurgias intimas e realize a cirurgia em ambiente hospitalar, que é mais higiênico e seguro." Dr André Colaneri

"A informação que aparece nesta web é apenas indicativa e nunca pode substituir a informação que o seu médico, cirurgião ou especialista em estética e plástica deve fornecer. Se você estiver avaliando a possibilidade de realizar qualquer tratamento ou intervenção médica (também em caso de dúvidas ou perguntas), vá diretamente ao seu médico especialista para lhe fornecer as informações correspondentes. Cirurgia.net não garante ou recomenda qualquer conteúdo, procedimento, produto, opinião, profissional de saúde ou qualquer outro material e informação neste guia ou em qualquer lugar deste site."

Colaboradores do tratamento