Gastrectomia

Preço médio
R$ 35.000
Preço médio
  • Anestesia geral
  • 3 dias
  • 1-3 horas de intervenção
  • Mais de 10 dias de repouso
  • Efeitos imediatos
  • Resultados permanentes

O que é a gastrectomia?

Redução de estômago

cuidar da alimentação antes e depois da cirurgia

A gastrectomia é uma cirurgia minimamente invasiva que visa reduzir o tamanho do estômago, durante este procedimento até três quartos do seu volume é eliminado, o resultado é que o estômago tem menor capacidade e não consegue ingerir a mesma quantidade de alimento.

Ao fazer o procedimento a produção do hormônio ghrelin (hormônio da fome) também é reduzida. Esta é uma intervenção que tem uma taxa de complicação muito baixa.

Neste procedimento, não é realizada uma reconexão intestinal, o que significa que não ocorrem efeitos colaterais como a má absorção de nutrientes. É importante cuidar da alimentação após esta cirurgia, já que o estômago tem uma menor capacidade, é necessário ter uma dieta balanceada e adequada, para escolher os alimentos mais completos e de melhor qualidade.

Como saber se sou candidato(a)?

Pacientes

nem todas as pessoas podem fazer o procedimento

A gastrectomia é um tratamento recomendado para aqueles pacientes que sofrem de obesidade menor ou extrema. O índice de massa corporal (IMC) deve ser maior que 40. Geralmente, um excedente de 40 no IMC é de aproximadamente 50 quilos de sobrepeso.

Aqueles que têm alguma doença associada à obesidade, como diabetes, pressão alta, apneia do sono ou síndrome metabólica e com um IMC superior a 30 também são candidatos

A idade mínima é de 18 anos e a faixa máxima recomendada é de 60 anos, embora a cirurgia possa ser realizada em alguns adolescentes menores de idade devido a alguma situação ou caso especial. Para todos os casos são realizados diversos exames verificando a possibilidade ou não de cada paciente.

Pode ser realizada em adolescentes?

Gastrectomia em jovens

é possível, mas muitas vezes não recomendado

Esse procedimento é seguro também para adolescentes, há poucas pesquisas para se ter uma conclusão clara sobre a existência de efeitos colaterais futuros no crescimento de adolescentes.

Embora os problemas e doenças causadas pela obesidade afetam cada vez mais adolescentes e crianças, não é possível tomar uma decisão precipitada sobre a cirurgia, não se esqueça que eles estão na idade de mudanças e desenvolvimento, por isso é importante ter todo o nutrientes necessários quando você está no processo de perder peso após a cirurgia.

Ou seja, é um procedimento que não deve ser tratado como preventivo, mas sim utilizado para casos mais delicados, e para adultos, em sua maioria.

Bibliografía

"A informação que aparece nesta web é apenas indicativa e nunca pode substituir a informação que o seu médico, cirurgião ou especialista em estética e plástica deve fornecer. Se você estiver avaliando a possibilidade de realizar qualquer tratamento ou intervenção médica (também em caso de dúvidas ou perguntas), vá diretamente ao seu médico especialista para lhe fornecer as informações correspondentes. Cirurgia.net não garante ou recomenda qualquer conteúdo, procedimento, produto, opinião, profissional de saúde ou qualquer outro material e informação neste guia ou em qualquer lugar deste site."
Ver doutores