Tayane Rocha
Tayane Rocha
Escritora formada pela UFRJ, copywriter e community manager, sendo especialista no tema de cirurgia plástica desde de 2017.
Criação: 29 Fev 2016 · Atualização: 22 Fev 2019

Destacado

Navegação

  • Informações sobre a Clitoroplastia
  • O que é a Clitoroplastia?
  • Como saber se sou candidata a Clitoroplastia?
  • Como escolher o meu cirurgião para a Clitoroplastia?
  • Como é a primeira consulta com o cirurgião plástico?
  • A Clitoroplastia doi?
  • Como é o pós-operatório da clitoroplastia?
  • Quais resultados esperar depois da clitoroplastia?
  • Quanto tempo dura os resultados da clitoroplastia?
  • Como é a cicatrização depois da clitoroplastia?
  • Quais são os efeitos secundários da clitoroplastia?
  • Quanto tempo é necessário esperar para voltar a ter relações sexuais e fazer atividades físicas após o tratamento de clitoroplastia?
  • Perguntas Frequentes
  • Bibliografía
imagem

Informações sobre a Clitoroplastia

Mulheres de todo o Brasil vem buscando cada vez mais o procedimento de Cirurgias Íntimas, entre eles o procedimento de Clitoroplastia é um dos mais buscados. Só em 2014, mais de 15.812 mulheres realizaram algum procedimento íntimo, dado esse da  ‘Global Statistics on Cosmetic Procedures’, realizada pela Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética (Isaps).

imagem

O que é a Clitoroplastia?

A Clitoroplastia é um procedimento de cirurgia íntima que tem o objetivo melhorar a estética e/ou a sensibilidade da mulher. É uma cirurgia que se pode realizar quando o tamanho é anormal ou ocasiona mal estar, assim é possível diminuir o seu tamanho e/ou comprimento.

Segundo a Sociedade Brasileira de Cirurgias Plásticas, muitas mulheres procuram esse procedimento por sentir algum tipo de desconforto com a parte íntima, ou por não se sentir bem com a aparência estética da mesma. Essa mudança do clitóris normalmente pode acontecer por hipertrofia que são congênitas ou por uso de anabolizantes.

Na clitoroplastia, segundo a doutora Renata Magalhães, o objetivo é deixar o clitóris menos visível, podendo assim “embuti-lo” no púbis, ou em último caso reduzir-lo. Todo esse procedimento, assim como outros na parte íntima da mulher, consegue-se ter um rejuvenescimento do local.

É possível que após o procedimento a mulher consiga recuperar a sensibilidade e o prazer sexual, pois com o excesso de pele a sensibilidade da mulher pode estar sendo comprometida.

O procedimento pode durar de 1h-2h, o tipo de anestesia é local com sedação, dependendo do caso de cada mulher. Ademais disso, o tempo de recuperação costuma ser curto, variando de uma a duas semanas até voltar às atividades de trabalho, e de 45 dias até voltar as atividades físicas e relações sexuais.

imagem

Como saber se sou candidata a Clitoroplastia?

O procedimento pode ser realizado por mulheres adultas, a partir dos 18 anos, ou se for algo que realmente incomode a paciente, é necessário ter mínimo de 2 anos após a primeira menstruação, pois é nesse período que há o desenvolvimento genial, ademais da permissão dos seus responsáveis. Em casos extremos, como a genitália ambígua, pode-se realizar até mesmo na infância.

As melhores candidatas para realizar esse procedimento segue via de regra para qualquer outro tipo de cirurgia; Não fumantes, que tenham saúde estável, que visitem regularmente o ginecologista, que tenham alimentação e atividades físicas equilibradas.

Ademais disso, é necessário que a paciente tenha passado por uma avaliação de um profissional, para ver se é realmente necessário realizar esse procedimento.  

imagem

Como escolher o meu cirurgião para a Clitoroplastia?

Por se tratar de uma cirurgia, faz-se necessário procurar um cirurgião plástico que esteja indicado pela a Sociedade Brasileira de Cirurgias Plásticas. Dessa maneira, é mais aconselhável buscar um profissional que seja realmente um cirurgião plástico membro, porque é a forma mais segura de conseguir os melhores resultados deste e de qualquer outro procedimento.

Aconselha-se também que você faça o procedimento com algum profissional que tenha transparência durante a consulta, e que possa compartilhar casos de sucesso que já tenha tido anteriormente na mesma área. Além de que, buscar saber mais sobre a formação desse profissional, e sobre os seus procedimentos já realizados.

imagem

Como é a primeira consulta com o cirurgião plástico?

Durante a primeira consulta o profissional vai te apresentar como funciona o tratamento, também vai tirar todas as dúvidas mais comuns das pacientes e as suas pessoais.

Ademais disso, vai te passar a lista de exames necessários para se realizar antes do seu procedimento. Lista essa que pode ter diversos exames que te avaliem se você é uma pessoa que pode realizar o tratamento ou não, importante para avaliar o risco da operação também.

É importante informar ao profissional se você costuma tomar algum tipo de medicamento, se é fumante, ou portadora de algum tipo de doença que seja importante indicar.  Também é importante se já teve alguma gravidez ou se pretende ter alguma depois da operação.

Não se esqueça de tirar dúvidas importantes com o médico, como, por exemplo: a anestesia a ser usada, o tempo de duração do procedimento, o tempo de recuperação, se faz necessário hospitalização, além do preço da operação no geral.

Tire dúvidas  e deixe claro para o profissional quais são as suas expectativas com o resultado da Clitoroplastia. Um bom diálogo com o seu médico é sempre importante.

Dica: Depois de realizar o procedimento procure ter um auxílio de amigos ou parentes, alguma pessoa que possa te ajudar nas funções básicas, como tomar banho, deitar e levantar.

imagem

O Clitóris é responsável pelo o orgasmo feminino, então é uma área muito sensível e que demanda um trabalho cuidadoso, com muita cautela do profissional e sua equipe.

E apesar de ser um órgão fundamental para o prazer sexual da mulher, muitas procuram o procedimento por motivos estéticos e também de saúde. O procedimento de Clitoroplastia procura ajudar nesse sentido sem prejudicar a sensibilidade do local, ajudando na autoestima de muitas mulheres.

Para tanto, o procedimento segundo a doutora Renata Magalhães  o planejamento do que iremos realizar na clitoroplastia é individualizado, vai depender das necessidades de cada paciente. Às vezes, apenas uma retirada do excedente de pele do prepúcio clitoriano é suficiente. Mas, na maioria dos casos, fazemos uma plicatura, fixando o clitóris no osso púbis. Com isso, ele fica mais para dentro da região genital, deixando-o menos visível.

Em casos de hipertrofia mais acentuada, por exemplo, secundária ao uso de anabolizantes, além da plicatura, podemos fazer uma redução da glande, resultando em um clitóris  efetivamente menor.

Então, é possível realizar de três diferentes formas: Redução do chamado prepúcio clitoriano, que pode ser suficiente quando o problema está pelo o excedente de pele; plicatura do clitóris, que é a fixação da glande no osso público, podendo assim esconder o glande entre 1-2 cm de forma mais profunda. Para casos mais complicados, é possível reduzir o seu tamanho com a retirada de um pequeno pedaço da glande, mas todos esses procedimentos só são realizados após a decisão em conjunto do profissional e paciente.

A ninfoplastia, plástica dos pequenos lábios, também pode ser realizada em conjunto caso se faça necessário.

Ademais disso, a doutora Renata Magalhães também comenta que a clitoroplastia pode ser feita com anestesia local e a paciente pode ir embora no mesmo dia, porém é realizada em centro cirúrgico para a segurança das pacientes.

imagem

A Clitoroplastia doi?

O procedimento de Clitoroplastia, assim como qualquer outro procedimento cirúrgico tem um tempo de recuperação. Durante esse tempo, é possível que cada paciente tenha um nível de tolerância diferente a dor, no entanto não é uma intervenção que costuma ser dolorosa.

Ao momento da operação é aplicado uma anestesia local, ou local com sedação, dependendo do paciente, o que retira qualquer sensação de dor da pessoa. No pós-operatório, por já ser uma zona sensível por natureza, é possível sentir algum desconforto, que pode ser minimizado com medicamentos indicados pelo o seu profissional.

De toda maneira, é sempre indicado seguir todas as orientações do profissional, tanto antes quanto depois no pós-operatório. Pois ele(ela) é a pessoa mais indicada para ajudar durante esse processo de preparação e recuperação.

Caso esteja sentindo algum desconforto fora do normal após realizar o procedimento, não duvide em buscar o seu profissional ou uma segunda opinião caso seja necessário. Um bom diálogo com o seu médico pode te ajudar a tirar as suas dúvidas e evitar qualquer problema.

imagem

Como é o pós-operatório da clitoroplastia?

Por se tratar de um tratamento de cirurgia plástica, é necessário seguir todas as recomendações do seu profissional para ter o resultado ideal. Assim, o seu pós-operatório vai repercutir em um resultado ideal.

Durante o pós-operatório as pacientes que fazem a cirurgia íntima devem ficar de repouso relativos nos primeiros dias. Logo após o procedimento,ao longo das semanas, é possível voltar aos poucos as atividades normais, respeitando os limites e sensações do corpo neste período de recuperação.

A aplicação de bolsas de gelo nos primeiros dias e abstinência sexual de pelo menos 1 mês devem ser medidas a serem tomadas pelas pacientes também. Por fim, o pós-operatório é variável, pode-se ser indolor ou até bastante doloroso, que podem ter o auxílio de  analgésicos.

imagem

Quais resultados esperar depois da clitoroplastia?

Os resultados do tratamento de clitoroplastia pode variar de acordo com a anatomia e desejo de cada paciente, mas de maneira geral, é possível ter uma aparência da genitália mais feminina e delicada. Além de preservar a sensibilidade, ademais de melhorar a autoestima da mulher, que pode estar afetando a sua vida sexual e/ou social.

Ou seja, os resultados são positivos porque prometem melhorar a qualidade de vida e autoestima da paciente.

imagem

Quanto tempo dura os resultados da clitoroplastia?

A pessoa que realiza um procedimento cirúrgico tem a tendência de esperar que os resultados sejam permanentes, isso se vale tanto para as cirurgias íntimas quantos para outros tratamentos estéticos, contudo, dependendo do caso, talvez seja necessário um acompanhamento de perto para avaliar a evolução da adaptação do corpo no paciente. Nos primeiros momentos, pelo inchaço que a intervenção pode causar, é possível que os resultados não seja aquele esperado, mas se faz necessário esperar o tempo indicado pelo o seu profissional para se recuperar totalmente desse tratamento. Assim, após passar o tempo de recuperação total do tratamento, é possível avaliar se o seu caso foi bem sucedido ou se precisa de uma nova intervenção.

Depois do procedimento de clitoroplastia é possível que, caso o paciente consuma algum tipo de anabolizante, que esse òrgão volte ou comece a ter alguma deformidade.

Mas os resultados esperados deste tratamento, até então, são permanentes. Pois isso é importante cuidar de qualquer tipo de hormônio a ser tomado, e sempre estar com um profissional da área médica, ademais de estar realizando exames anualmente para verificar se há algum problema hormonal no corpo.  

Consulte o seu médico ou um ginecologista para verificar o status da sua saúde.

imagem

Como é a cicatrização depois da clitoroplastia?

Como qualquer procedimento cirúrgico, a clitoroplastia tem uma cicatrização e uma marca após o procedimento. Contudo, a cicatrização costuma ser bem escondida e não afetar na recuperação da paciente.

Entretanto, por ser uma área que costuma ser mais úmida, é possível desenvolver alguma complicação no pós operatório. Pois isso é muito importante seguir as indicações do profissional para ter uma recuperação satisfatória. Ademais de que qualquer complicação na cicatriz, que não costuma ser habitual, pode ser causada por falta de acompanhamento.

imagem

Quais são os efeitos secundários da clitoroplastia?

Apesar de ser um procedimento que tem, em sua maioria, um resultado final positivo para as pacientes é possível que os resultados esperados não sejam aqueles esperados. Isso pode ocorrer por diferentes motivos, e os riscos gerais estão de acordo com outras cirurgias também, como a idade, peso (IMC), problemas de saúde, uso de medicamentos, tabagismo, drogas, fatores genéticos, entre outros.

É possível que haja sangramento, hematomas, alteração da sensibilidade e deiscência.

Qualquer sintoma fora do normal após o procedimento deve ser indicado ao médico, para que possa te auxiliar no mesmo momento.

imagem

Quanto tempo é necessário esperar para voltar a ter relações sexuais e fazer atividades físicas após o tratamento de clitoroplastia?

Logo depois de se realizar o procedimento, utilizando-se de anestesia local e sedação a paciente costuma ter alta no mesmo dia, dependendo da avaliação médica. A paciente pode voltar às atividades normais logo após realizar a cirurgia, e esse processo costuma demorar poucos menos de uma semana.

Cada mulher pode ter a sensibilidade mais aguçada ou menos, por isso pode ser desconfortável voltar a vestir roupas mais apertadas nas primeiras semanas. Para tanto, costuma-se recomendar a realizar esse procedimento em uma época mais quente do ano, assim é possível vestir roupas mais largas, como vestidos.

As atividades sexuais no pós-cirurgia podem demorar um pouco mais, pelo o mesmo motivo da sensibilidade e pelo tempo de recuperação do corpo. Em média pode demorar de um mês, a dois meses.

Dica: Pergunte ao seu médico e tire suas dúvidas de forma específica, apresente sempre qualquer tipo de desconforto que esteja sentido. E mesmo se, respeitando o tempo de espera para voltar ao trabalho ou das relações sexuais, estiver com desconforto ou até mesmo sentido dor, procure seu profissional indicando para analisar o que pode estar passando.



Perguntas Frequentes

  • É possível reduzir o clitóris? "É possível sim reduzir o tamanho do clitóris e dos pequenos lábios sem alterar a sensibilidade da área íntima.
    Como muitas vezes há outras alterações presentes - como a atrofia ("murchamento") dos grandes lábios - é necessário uma avaliação presencial"  Dr. Ricardo Kruse
  • Qual o valor aproximado do tratamento? "A redução do excesso de pele do capuz do clitóris em geral costuma ser uma cirurgia que dispensa internamento hospitalar, podendo ser realizada com anestesia local, o que pode diminuir significativamente os seus custos. Como as alterações da anatomia da região íntima raramente ocorrem isoladamente, o ideal seria realizar uma avaliação presencial para definirmos a melhor conduta no seu caso." Dr. Ricardo Kruse
  • Corro risco de perder minha sensibilidade? "Existem diversas técnicas cirúrgicas para tratar clitóris de tamanho aumentado, dentre elas, a clitoropexia é um procedimento em que não há corte diretamente no clitóris e por isso não altera a sua sensibilidade." Dr. Ricardo Kruse




"A informação que aparece nesta web é apenas indicativa e nunca pode substituir a informação que o seu médico, cirurgião ou especialista em estética e plástica deve fornecer. Se você estiver avaliando a possibilidade de realizar qualquer tratamento ou intervenção médica (também em caso de dúvidas ou perguntas), vá diretamente ao seu médico especialista para lhe fornecer as informações correspondentes. Cirurgia.net não garante ou recomenda qualquer conteúdo, procedimento, produto, opinião, profissional de saúde ou qualquer outro material e informação neste guia ou em qualquer lugar deste site."