Vitiligo

Vale a pena
100%
Vale a pena
Baseado em 1 história
Preço médio
R$ 250
Preço médio
  • Não é necessária
  • Não requer hospitalização
  • Menos de 1 hora de intervenção
  • Não requer repouso
  • Efeitos visíveis após um mês
  • Resultados temporários

Informações sobre Vitiligo

Vitiligio e manchas

Homens e mulheres podem ter

Algumas pessoas (masculino e feminino? podem notar que há diferentes tipos de manchas no corpo, muitas delas podem acontecer devido às ações do tempo, como a presença de sol, queimaduras e até  mesmo alergias. Contudo, nenhuma delas tem a mesma característica quando há a presença de vitiligo

O tema ganhou fama após o cantor Michael Jackson apresentar a doença dermatológica em público. Mas poucas pessoas sabem realmente sobre o tema, isso também acontece porque menos de 10% da população mundial pode apresentaá-la ao longo da vida.

A doença, por fim, causa a perda de cor da pele e deixa um formato de manchas brancas.

Por que as pessoas tem Vitiligo?

vitiligo é contagioso

A doença não é contagiosa

Não se sabe ao certo a causa, há várias explicações: às celular que são responsáveis por produzir a cor da pele, chamadas de melanócitos, param de se produzir e consequentemente a pessoa perde a coloração da pele no local. 

A doença não é contagiosa, acredita-se também que pessoas que têm a tendência genética, isso é, já tiveram pessoas na família com a mesma doença, podem apresentar ao longo da vida. Geralmente, a doença costuma se manifestar na média dos 20 anos. 

Muitas pessoas podem sofrer com o aparecimento das manchas ou os primeiros sinais, e o tema deve ser levado com seriedade, para ajudar na compreensão da doença e também da aceitação social.

O que causa o Vitiligo?

causos do vitiligo

Não se sabe a causa da doença

Como já foi dito anteriormente não se sabe ao certo as causas do Vitiligio, porém há alguns padrões que se repetem entre os casos:

  • Tendência genética
  • Pessoas que estão na faixa dos 10-30 anos
  • Pessoas negras
  • Pessoas que já tenham doenças autoimunes
  • Pessoas com diabetes tipo 1
  • Pessoas com Hashimoto
  • Exposição a produtos químicos
  • Estresse
  • Alteração neurologica
  • Pessoas que têm tendência a queda de imunidade

Bibliografía

"A informação que aparece nesta web é apenas indicativa e nunca pode substituir a informação que o seu médico, cirurgião ou especialista em estética e plástica deve fornecer. Se você estiver avaliando a possibilidade de realizar qualquer tratamento ou intervenção médica (também em caso de dúvidas ou perguntas), vá diretamente ao seu médico especialista para lhe fornecer as informações correspondentes. Cirurgia.net não garante ou recomenda qualquer conteúdo, procedimento, produto, opinião, profissional de saúde ou qualquer outro material e informação neste guia ou em qualquer lugar deste site."
Ver doutores