Tayane Rocha
Tayane Rocha
Escritora formada pela UFRJ, copywriter e community manager, sendo especialista no tema de cirurgia plástica desde de 2017.
Atualização: 3 mai 2019

Publicidade

Navegação

  • Informações sobre a Reconstrução Mamária
  • O que é reconstrução da mama?
  • Como saber se sou candidato à cirurgia de reconstrução mamária?
  • Como escolher meu cirurgião plástico?
  • Como é a primeira visita ao cirurgião plástico?
  • Como é feita a reconstrução da mama?
  • Reconstrução do mamilo
  • Como se preparar para a cirurgia de reconstrução mamária?
  • Como é a recuperação após a cirurgia de reconstrução mamária?
  • Quais são as principais complicações e riscos?
  • Quais são os resultados?
  • Perguntas frequentes
  • Depoimentos

Informações sobre a Reconstrução Mamária

A cada ano, o número de casos de câncer de mama aumenta em todo o mundo. Ademais disso, a cada dia milhares de mulheres  buscam uma solução para as ações que resultaram  na alterações na aparência física, como perda ou ganho de peso, cicatrizes e até perda de mama durante um câncer.

Este último traz consigo diversos problemas físicos e psicológicos, por isso os especialistas recomendam a realização de cirurgia de reconstrução mamária para que o paciente volte a retomar sua qualidade de vida e possa se sentir confortável com seu corpo e aparência novamente.

reconstrução da mama

reconstrução dos seios e da autoestima

O que é reconstrução da mama?

A reconstrução mamária tem como principal objetivo restaurar a forma, a simetria e o tamanho da mama. 

Após estas cirurgias, que podem até mesmo ser de remoção de tumores benignos ou de origem infecciosa, a mama pode ficar com sequelas como remoção completa da mama, afundamento, cicatrizes e formas não simétricas ou pouco naturais.
Para isso, várias técnicas cirúrgicas de Cirurgia Plástica podem ser utilizadas, dentre as quais estão:

  • Enxertos de gordura.
  • Expansores são colocados e implantes mamários adicionados.
  • Usando tecido do próprio paciente.

Além disso, uma cirurgia de reconstrução de mama pode ser realizada ao mesmo tempo de outros procedimento, ou pode ser feito depois de ter terminado o tratamento e radioterapia. Da mesma forma, os especialistas mencionam que as técnicas a serem utilizadas em cada caso dependerão de inúmeros fatores, como o tipo de incisão realizada, o peso, o tamanho da mama e as expectativas do paciente.

pacientes de reconstrução mamária

A reconstrução mamária não é para todas

Como saber se sou candidato à cirurgia de reconstrução mamária?

A cirurgia de reconstrução mamária é indicada para pacientes que tenham sido submetidas à retirada de uma mama e a presença de seqüelas físicas como: ausência de seio, afundamento ou cicatrização na área do peito.
Também é indicado para pacientes que não desenvolveram uma das mamas ou apresentam algum tipo de malformação genética.
Por outro lado, especialistas recomendam que, para realizar essa cirurgia, os pacientes devem ter um bom estado geral de saúde. 

Não é recomendado para pacientes com diabetes, hipertensão, tabagismo ou obesidade, pois há riscos derivados dessa operação durante a cirurgia ou durante o processo de cicatrização.

Profissionais de cirurgião plástica

Profissional com especialidade em cirurgia plástica

Como escolher meu cirurgião plástico?

No Brasil é importante buscar um profissional que esteja na Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, pois esses são membros que fazem parte dos médicos  que realizam cirurgias plásticas. Por outro lado, os especialistas recomendam que o paciente aprenda sobre os vários centros e clínicas onde realiza a cirurgia, lendo comentários e resenhas sobre as experiências de outros pacientes.
Depois disso, é muito importante que a pessoa vá em consulta e conte detalhadamente o que eles precisam e quais são as expectativas com a intervenção. Como segundo passo, é importante ouvir os cirurgiões, entender quais técnicas eles usarão, os riscos associados à cirurgia e aos cuidados pós-operatórios.

Assim, você deve escolher com quem você se sentiu mais à vontade, quem gerou mais confiança e segurança para que você seja responsável por todo o processo.

Consulta para a reconstrução de mama

Consulta para a reconstrução de mama

Como é a primeira visita ao cirurgião plástico?

Para a primeira consulta com o cirurgião que escolhemos para ser responsável pelo nosso caso de reconstrução mamária, recomenda-se passos simples, mas úteis, para que esta primeira consulta seja a mais benéfica para ambos os lados.
Em primeiro lugar, é importante que o paciente mantenha a história clínica completa e o mais detalhado possível, adicionado à lista de todos os medicamentos consumidos diariamente, para que o médico possa analisar em detalhes o seu caso.

Além disso, o cirurgião avaliará o paciente e sugerirá o melhor tratamento de acordo com o diagnóstico, histórico médico, entre outros fatores, como peso, tamanho da mama, etc. Por outro lado,aconselha-se a estar preparado e tirar todas as suas dúvidas com esse profissional.

Como é feita a reconstrução da mama?

Existem 3 tipos de técnicas ou procedimentos para realizar a reconstrução mamária de acordo com cada caso, entre os quais:

1- Reconstrução da mama por cirurgia utilizando tecidos:
Este é um dos procedimentos mais completos, já que os próprios tecidos do corpo são utilizados. Essa intervenção pode ser realizada ao mesmo tempo que uma mastectomia em uma cirurgia de reconstrução. Em todas as técnicas, a anestesia geral é usada. Por outro lado, é possível que com essa intervenção mais cirurgias sejam necessárias para realizar uma reconstrução do mamilo.
Com esta técnica, o cirurgião realiza uma transferência de músculo, pele, vasos sanguíneos e gordura de alguma área do corpo para o peito para reconstruir a mama.

É possível utilizar os tecidos dessas regiões:
· Abdômen:
aqui o cirurgião extrai tecidos, pele e músculo da região do abdômen. No primeiro, o cirurgião remove o músculo mais importante do abdômen, chamado reto. No segundo, o cirurgião remove apenas parte do músculo, o que permite ao paciente manter a força nessa área. Outra opção é remover apenas a pele e a gordura do abdômen, de modo que o paciente retém a maior capacidade de força nessa área.
· Costas:
nesta técnica, o cirurgião retira a pele e os músculos da parte superior das costas e é recomendado para pacientes com seios pequenos ou médios.
· Nádegas:
parte do tecido glúteo é utilizada para reconstruir a mama e é recomendada para mulheres que não possuem tecido suficiente na região das costas ou do abdômen.
· Coxa interna:
A gordura e o músculo são transferidos da parte inferior das nádegas para a parte interna da coxa. É uma técnica relativamente nova e é recomendada em pacientes com mamas médias ou pequenas.

2- Implantes mamários

Ao utilizar esta técnica, o cirurgião realiza os implantes mamários, que são de silicone, a fim de moldar os seios e torná-los assimétricos e naturais. Este procedimento também pode ser realizado no momento em que a mastectomia é realizada, mas o cirurgião decidirá quando a reconstrução pode prosseguir. É importante enfatizar que várias operações são necessárias para essa técnica. Por outro lado, se o paciente necessitar de radioterapia após a mastectomia, essa intervenção não é recomendada.

3- Reconstrução com implantes e expansores mamários
Após a mastectomia, o cirurgião introduz uma prótese provisória, denominada expansor, de solução salina sob a pele e o músculo peitoral. Isso, por várias semanas, para preparar a pele e deixar espaço suficiente em que o cirurgião introduzirá a prótese de silicone.

4- Enxertos de gordura

Esta técnica é a menos comum, mas é muito simples. Consiste em melhorar a forma da mama e dar volume através de enxertos de gordura, o que melhora visivelmente a elasticidade e a aparência da mama. 

Reconstrução do mamilo

O mamilo é uma área muito importante para as mulheres

Reconstrução do mamilo

Quando um paciente é submetido a uma reconstrução mamária, geralmente também requer uma reconstrução do mamilo, para que seja o mais natural e harmonioso possível. A maneira mais comum de reconstruir a aparência de um mamilo é realizando uma tatuagem para definir de forma permanente a área mais escura e mais clara dessa região, muitos profissonais do ramo já desenvolveram técnicas para realizar esse procedimento, como é o caso de muitos profissionais médicos(as) no Brasil. 

Dia da operação

Prepara-se, chegou o dia.

Como se preparar para a cirurgia de reconstrução mamária?

Especialistas recomendam não tomar aspirina ou qualquer medicação sem a liberação médica por duas semanas antes e após a cirurgia.
Não fume e não beba álcool pois eles atrasam no processo de cicatrização.

Por outro lado, é importante ir com roupas confortáveis ​​e soltas no dia da operação.

Quais são as principais vantagens de uma cirurgia de reconstrução de mama?
· A paciente recupera sua qualidade de vida.
· Aumento da autoestima e confiança.
· Resultados naturais e muito satisfatórios.
· Resultados duráveis.

Pós-operatório da reconstrução mamária

Pós-operatório é responsabilidade médica e do paciente

Como é a recuperação após a cirurgia de reconstrução mamária?

Como em qualquer cirurgia, a recuperação varia de acordo com a idade, o estado geral de saúde e a técnica utilizada, para cada paciente. 
No caso da reconstrução mamária com tecidos, o tempo de recuperação será maior do que no caso de implantes .
O paciente terá que estar na clínica por cerca de 3 a 5 dias, nos quais suas reações serão avaliadas, até que o cirurgião avalie o estado geral e possa liberar. É provável que os especialistas o aconselhem a usar um sutiã cirúrgico que ajudará na recuperação do busto durante o processo pós-operatório.
Além disso, o cirurgião deixará alguns drenos para eliminar o excesso de líquido que pode ocorrer, juntamente com os pontos, que serão removidos em uma ou duas semanas, de acordo com o processo de cicatrização de cada paciente.
É sempre aconselhável que a pessoa venha acompanhada para ajudar o paciente no decorrer da recuperação e possa acompanhar a sua casa. Além disso, recomenda-se mudar as bandagens com frequência e limpar as feridas com a ajuda de um membro da família.
É provável que durante a recuperação o paciente sinta desconforto, inchaço, perda de sensibilidade, sintomas que desaparecerão com o passar do tempo.
Para aliviar a dor importante, é provável que o cirurgião prescreva analgésicos durante as primeiras semanas do período pós-operatório.

Durante o curso da recuperação, é importante evitar:

· Atividade sexual
· Condução
· Praticar esportes.
· Evite fazer qualquer tipo de força com a área do tronco e braços.

Tempo de recuperação: entre 25 e 30 dias.

Riscos da reconstrução mamária

Riscos da reconstrução mamária

Quais são as principais complicações e riscos?

Como qualquer cirurgia, a reconstrução mamária pode apresentar complicações de vários tipos, como:
· Possível infecção: Se você notar que tem secreção de pus, febre ou mudança de cor e vermelhidão na área da operação, você deve consultar imediatamente o seu cirurgião e provavelmente ele irá prescrever antibióticos.
· Perda excessiva de sangue
: Você também deve verificar com seu cirurgião se você notar uma grande perda de sangue na área da operação.
· Problemas no implante:
 Existe a possibilidade de uma contratura capsular, e isso acontece quando a cicatriz ao redor do implante está tensa. Normalmente, nestes casos, o cirurgião pode realizar o procedimento novamente e trocar as próteses.
· Problema com os tecidos:
A principal complicação que pode ocorrer nesses casos é a perda de força na área onde o retalho foi retirado. Existe também um risco de coagulação pelos vários vasos sanguíneos envolvidos e que foram transferidos.
·Morte tecidual (necrose) devido a interrupção do suprimento sanguíneo.
·Hérnia ou fraqueza na parede abdominal, de onde o retalho foi extraído.

Resultados da cirurgia

A cirurgia também é um processo de cura

Quais são os resultados?

· Melhora visivelmente da imagem corporal.
· Melhoria da autoestima.
· Proporciona uma melhor simetria dos seios para que pareçam naturais e similares.
· Ajuda a mitigar as memórias físicas da doença.
· A maioria dos resultados são de longo prazo.

Perguntas frequentes

  • Existe risco se eu passar por uma segunda reconstrução mamária após dois anos devido à não conformidade nos resultados? "Dependerá do caso particular de cada paciente, por isso é fundamental ir à consulta de um especialista que avaliará o motivo da deformidade."
  • Se eu fizesse uma mastectomia, seria necessária uma reconstrução mamária? "É altamente recomendável que os pacientes submetidos à mastectomia passem por uma reconstrução mamária, pois isso terá um efeito muito positivo em nível físico e psicológico."
  • Todos as pacientes são candidatas a cirurgia? "Não. Existem pacientes que por causa de problemas de saúde não podem ser operados ou há alguns que não conseguem os resultados que desejam."
  • Quando posso voltar a trabalhar? "Dependerá de cada caso, mas geralmente uma semana após a alta."

Depoimentos

"Fiz uma plástica na mama pois tive câncer de mama e fiz parte da reconstrução da mama direita,não tive medo ou receio, porém 16 anos depois o câncer voltou na mesma mama que havia feito a plástica, e a cirurgia foi radical em 2013..."

Ver experiência

Val9 - São Paulo (cidade), São Paulo

"A informação que aparece nesta web é apenas indicativa e nunca pode substituir a informação que o seu médico, cirurgião ou especialista em estética e plástica deve fornecer. Se você estiver avaliando a possibilidade de realizar qualquer tratamento ou intervenção médica (também em caso de dúvidas ou perguntas), vá diretamente ao seu médico especialista para lhe fornecer as informações correspondentes. Cirurgia.net não garante ou recomenda qualquer conteúdo, procedimento, produto, opinião, profissional de saúde ou qualquer outro material e informação neste guia ou em qualquer lugar deste site."