Tayane
Tayane
Escritora, copywriter e community manager. Administradora da maior comunidade de cirurgia plástica do Brasil.
Criação: 29 Fev 2016 · Atualização: 15 Fev 2019

Destacado

Navegação

  • Informações sobre a Mastopexia
  • O que é a mastopexia?
  • Quem pode fazer uma operação de mastopexia?
  • Causas e graus da queda da mama
  • Como encontrar o cirurgião certo?
  • Como será a primeira visita?
  • Como é realizada a mastopexia?
  • O que fazer antes da cirurgia
  • O pós-operatório da mastopexia
  • Resultados
  • Riscos e complicações da mastopexia
  • Perguntas Frequentes
  • Depoimentos
  • Bibliografía
Informações  sobre mastopexia

Informações sobre a Mastopexia

Frequentemente mulheres que já passaram por uma ou mais gestações ou que tiveram flutuações de peso frequentes. Muitas delas percebem uma perda de turgidez mamária, que aparenta vazia ou caindo, tornando-se uma causa de desconforto e perda de autoestima.
O seio continua a ser o elemento do corpo feminino que, acima de tudo, possui um forte valor estético e simbólico na psicologia das mulheres, e por essa razão também a cirurgia plástica da mama está entre os primeiros lugares nas estatísticas referentes ao número de mulheres. de operações. De fato, conforme relatado pelos dados coletados pela ISAPS, somente em 2016 foram realizadas mais de 583 mil cirurgias de mastopexia no mundo.

posicionamento da mama

O que é a mastopexia?

A cirurgia indica que algo deve ser corrigido ou reposicionado em sua forma correta. Enquanto "masto" indica que a parte anatômica envolvida é a mama ou a mama. Isso nos faz entender imediatamente que o objetivo da mastopexia é levantar e reposicionar os seios, e é por isso que muitas vezes é referido como um elevador de mama.
Para realizar este tipo de levantamento o cirurgião terá que retirar o excesso de pele ou a pele esticada e esticada que pode se formar após a gravidez, após a amamentação, após as alterações de peso ou simplesmente pelo envelhecimento e pelo passar dos anos. Está condição de relaxamento e esvaziamento da mama é chamada em medicina ptose mammaria.
Dependendo dos resultados que o paciente deseja obter, a operação também pode ser realizada em conjunto com uma mastoplastia aditiva, realizando assim uma mastopexia com inserção de implantes mamários.

pacientes de mastopexia

Quem pode fazer uma operação de mastopexia?

A mastopexia pode ser realizada em mulheres que passaram da maioridade e que estão com boa saúde e que não estão amamentando ou esperando por um bebê no momento da cirurgia. Com base nos dados coletados durante a primeira consulta, o cirurgião determinará se o paciente pode ou não se submeter à cirurgia. Em geral, não é recomendado em caso de doenças graves do sistema cardiovascular ou em pessoas com problemas de coagulação ou hipertensão. Além disso, se o paciente deseja realizar uma mastopexia, mas ainda não teve uma gravidez, é aconselhável adiar a intervenção pós-parto e depois de ter terminado a amamentação.

No geral a mastopexia é recomendada para todas as mulheres que não estão satisfeitas com os seus seios a ponto de causar um impacto negativo em sua vida pessoal e relacional, particularmente na presença de uma ou mais das seguintes condições:

  • Assimetria
  • Mamilos alongados ou caindo ou aréolas
Causas e graus da queda da mama

Causas e graus da queda da mama

A queda da mama chamada pode ser causada por:

  • número de gravidezes
  • excesso de peso
  • variações de peso
  • seios de alto volume
  • menopausa
  • Cigarro 

Existem três graus:

  • primeiro grau: o seio parece um pouco vazio, com o mamilo e a aréola acima da linha do sulco mamário.
  • segundo grau: o esvaziamento começa a ficar mais evidente, e o mamilo e a aréola estão no mesmo nível do sulco mamário.
  • terceiro grau: perda severa do volume mamário, o mamilo e a aréola estão localizados além do sulco mamário

cirurgião para a mastopexia

Como encontrar o cirurgião certo?

O primeiro passo, e um dos mais importantes, é contar com um verdadeiro especialista, especialista e competente na realização do lifting mamário. Nunca devemos esquecer que a mastopexia é uma cirurgia real. Para ser realizado com segurança, minimizando todos os riscos possíveis, ele deve ser realizado em uma sala de operações devidamente preparada na presença de um anestesista e realizada por um cirurgião credenciado que dependerá apenas de estruturas e instrumentos certificados.

Primeiro de tudo, você tem que se certificar de que o médico que você está alvejando tem a especialização em Cirurgia Plástica e Reconstrutiva. É possível verificar tanto a especialização quanto a inscrição no cadastro profissional no portal disponibilizado na Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

consulta de mastopexia

Como será a primeira visita?

Durante a consulta inicial o cirurgião irá analisar a saúde geral do paciente, abordando questões sobre seu histórico médico, a familiaridade de certas doenças e seu modo de vida, a fim de determinar se é possível realizar a cirurgia e em que condições.

Durante a visita, o médico irá avaliar tanto o tamanho e a forma inicial da mama do paciente, bem como a forma da aréola e mamilo. Outros elementos a serem considerados são a qualidade e o grau de tonicidade dos músculos e tecidos mamários. Tudo isso serve o cirurgião para compreender o grau de ptose mamária e para definir metas que se encaixam melhor para a conformação física do paciente, a fim de obter um resultado natural.
Além disso, neste estágio, o médico pode determinar mesmo - no caso de mamário hipotrofia ou desenvolvimento mamário - pode ser aconselhável para o paciente inserir os implantes mamários é modelar a forma da mama que, para corrigir quaisquer assimetrias ou volumes.

técnicas para a mastopexia

Como é realizada a mastopexia?

O procedimento dura aproximadamente 2-3 horas e é realizado sob anestesia geral ou sob anestesia local com sedação. Dependendo da técnica e das condições iniciais do paciente, o cirurgião decidirá se realizará o procedimento em regime ambulatorial ou de internação.

As incisões podem ser realizadas seguindo 3 técnicas diferentes:

Incisão periareolar ou bloco redondo (indicado em amarelo na imagem): segue o perímetro da aréola e é indicado para casos de muito pouca subsidência. Usado frequentemente em combinação com inserção de prótese.

incisão "keyhole" (indicada em amarelo e azul na imagem): realizada seguindo o perímetro da aréola e, em seguida, procedendo verticalmente para baixo e em direção ao sulco mamário, é recomendada para pacientes com grau de ptose moderado ou se render.

incisão da âncora (indicada pela soma das três linhas da figura): recomendada para pacientes com um grau importante de relaxamento, que não pode ser satisfatoriamente corrigida com outras incisões menos invasivas. Esta é a técnica mais utilizada, pois é a mais tradicional e eficaz mesmo em casos de redução de mama

pré operatório mastopexia

O que fazer antes da cirurgia

A preparação pré-operatória não é diferente daquela prevista para qualquer outra cirurgia. Seu conselho é seguir o rápido início da noite antes da operação.

Além disso, lembre-se que é sempre aconselhável ir à clínica com uma pessoa de confiança, não só porque pode precisar de assistência para realizar alguns movimentos, mas também e acima de tudo para não enfrentar a cirurgia e ter o apoio psicológico de um amigo ou um parente.

Finalmente, em geral, os especialistas recomendam evitar anticoagulantes como aspirina e substâncias como álcool e tabaco por pelo menos 2 semanas antes da data da operação, por um lado, não estimular o risco de sangramento e, por outro, não comprometer o risco de sangramento.

pós-operatório da mastopexia

O pós-operatório da mastopexia

Em prótese mastopexia sem a percepção de dor do paciente é mínima, se não ausente, desde que a operação envolve apenas a remodelação de tecidos superficiais, ou seja, a pele, a gordura e glândula. Em mastopexia com implantes, no entanto, você pode sentir uma sensação de desconforto ou aperto no peito, que ainda pode ser controlada com a assunção de analgésicos prescritos pelo médico.

Geralmente durante o pós-operação você terá que usar um sutiã operatório por cerca de um mês, mas sua recuperação tem uma longa vida, de fato, o paciente pode voltar ao trabalho depois de uma semana e terá de evitar esforço para pelo menos um mês. Se for necessário para implementar a drenagem, estes serão removidos no segundo dia após a cirurgia. Finalmente, não devemos dormir com a barriga voltada para baixo por pelo menos um par de semanas, a fim de não colocar pressão excessiva sobre o peito.

resultados da mastopexia

Resultados

O resultado final e a nova forma definitiva da mama não são imediatamente visíveis, mas será necessário passar um período de adaptação para que a mama seja mais natural e os resultados sejam apreciados.

As cicatrizes inicialmente terão uma cor que tende a roxo, vermelho ou rosa e gradualmente desaparecerão ao longo dos meses. Para evitar que as cicatrizes se curem adequadamente, é essencial evitar expô-las ao sol até que estejam completamente curadas e aplique um filtro solar completo.

A ISAPS lembra que os resultados podem ser diferentes de paciente para paciente, e desde que seja uma operação que ofereça um resultado duradouro, fatores como envelhecimento, gravidez e ganhos ou perdas de peso podem alterar a forma dos seios durante o procedimento. anos. A inserção de próteses para complementar a mastopexia, geralmente, oferece resultados mais estáveis ​​ao longo do tempo.

Riscos da mastopexia

Riscos e complicações da mastopexia

A mastopexia, como todos os outros procedimentos cirúrgicos, deve ser realizada por cirurgiões experientes, que sabem como evitar a ocorrência de riscos e complicações, e que estão preparados para intervir adequadamente caso surjam.

Entre os efeitos colaterais e os riscos associados à mastopexia ou elevação da mama, a ISAPS relata o seguinte:

  • infecções
  • Cicatrizes quelóides ou hipertróficas
  • Sofrimento da pele
  • Necrose da pele
  • Assimetria dos mamilos
  • Anomalias transitórias ou permanentes de sensibilidade

Perguntas Frequentes

Qual a idade mínima para a mastopexia? "Geralmente apos 18 anos, dependendo do seu caso. A gestação e amamentação podem sim influenciar e haver flacidez e perda do resultado. Procure um cirurgião plástico membro titular ou especialista da SBCP para orientação." Dra. Rosimara Bonfim

Quero recuperar minhas mamas mas não quero deixar os meus seios grandes, é possível utilizar as próteses? "Suas mamas apoiadas pelo soutien tem tamanho satisfatório? Em caso afirmativo desconsidere a necessidade de implantes de silicone para corrigir a flacidez. A mamaplastia com pediculo de Liacyr pode dar um ótimo resultado. Caso o tamanho não seja satisfatório, o implante de silicone faz-se necessário,com cautela, evitando exageros . Agende uma consulta c cirurgião plástico membro da sociedade brasileira de cirurgia plástica p esclarecimentos." Dr. Antônio Carlos Maldonado

É possível fazer a mastopexia sem próteses? "Geralmente é sim possível fazer mastopexia sem protese, desde que as mamas tenham um certo volume (não sejam muito pequenas). Neste caso, o próprio tecido das mamas é usado para dar o volume e projeção. Procure um especialista para ser avaliada." Dr André Colaneri


Mamas caídas na adolescência, como solucionar? "
Esta é uma situação enfrentada por muitas adolescentes, você não está sozinha. Sim, é possível suspender as mamas e retirar boa parte da flacidez sem necessariamente diminuir o seu volume. O ideal é estar com um peso pelo menos próximo do ideal para realizar esta cirurgia com um bom planejamento."Dr. Antônio C. B. de Deus - Unità Centro Médico

Como levantar as mamas após a amamentação? O sus cobre? "Você deverá fazer a suspensão das mamas com prótese. Será retirado pele. Essa cirurgia o SUS não cobre. Trata-se de uma cirurgia estética. Valores são repassados após consulta." Dr. Rodrigo Cruvinel

Depoimentos

"Eu tinha cistos nas duas mamas e por isso elas cresceram muito, eu já tinha seios de uma senhora de 70 anos, morria de vergonha de tirar a roupa até na frente do meu esposo, a minha cirurgia foi por conta dos cistos mas o resultado levou minha autoestima para as alturas, hoje sou outra mulher. Operei dia 21 de 2018, em belém-pará no hospital Amazônia com o Dr. Milvio Tavares, ele é ótimo e super recomendo. Coloquei a menos prótese que é de 180ML, porque eu não gosto de seios grandes, acho que ficou ideial para o meu tamanho e hoje eu estou nas nuvens, podenod colocar qualquer roupa. Realizei um sonho!"

Ver experiência

SandraMariaBaiaDeSou - Tucuruí, Pará

"Fiz mastopexia com silicone, pois meu filho foi pre maturo , além de amamenta-lo (e não deixaria de amamentar por nada) como pré maturo ficou na UTI tive que tirar leite com sugador que acaba com nossa pele do peito...enfim, resultado, peito murcho e caído. Esperei o momento certo e agora meu filho com 4 anos entendeu e respeitou meus limites. Fui em 4 medicos para ver o custo beneficio e também sentir mais confianca e paz. 

Decidi colocar um tamanho médio pois como pratico esporte não seria legal ter um seio muito grande, então coloquei 330. Não senti dor nenhuma, não tomei nenhum remédio para dor, nem mesmo a dipirona, minha recuperação desde o primeiro dia foi ótima. Muitas das vezes o problema era esquecer que estava operada e viver a vida normalmente, meu único incomodo da operação porém, para mim foi que estava acostumada a dormir de bruço, tive muita dificuldade em achar posiçao para ter noites de sono tranquila...Mas esta valendo muito a pena ( ainda estou no pos operatorio) indico a todas as mulheres faz bem para alma, para o corpo para a vida."

Ver experiência

Ira1 - Santos (São Paulo), São Paulo

"A informação que aparece nesta web é apenas indicativa e nunca pode substituir a informação que o seu médico, cirurgião ou especialista em estética e plástica deve fornecer. Se você estiver avaliando a possibilidade de realizar qualquer tratamento ou intervenção médica (também em caso de dúvidas ou perguntas), vá diretamente ao seu médico especialista para lhe fornecer as informações correspondentes. Cirurgia.net não garante ou recomenda qualquer conteúdo, procedimento, produto, opinião, profissional de saúde ou qualquer outro material e informação neste guia ou em qualquer lugar deste site."