Tayane Rocha
Tayane Rocha
Escritora formada pela UFRJ, copywriter e community manager, sendo especialista no tema de cirurgia plástica desde de 2017.
Criação: 29 fev 2016 · Atualização: 18 mar 2020

Navegação

  • Informações sobre as dietas
  • Mas o que significa estar em dieta?
  • Objetivos da dieta
  • Quem pode fazer dieta?
  • Como encontrar meu especialista?
  • O que acontece durante a primeira consulta?
  • Como é feito o planejamento da dieta?
  • O que acontece depois da dieta?
  • Riscos/efeitos colaterais das dietas
  • Perguntas Frequentes
  • Depoimentos
  • Bibliografía
dietas e emagrecimento

pessoas de todo o mundo se preocupam com a sua aparência

Informações sobre as dietas

Mulheres e homens de todas as partes do mundo se preocupam com a sua aparência. Uma das questões mais comentadas é sobre o emagrecimento, e como conseguir-lo

O corpo é um sistema inteligente, que guarda aquilo que não usamos para a nossa sobrevivência, já que não há garantias que terá as mesmas de reservas de energias para depois.

Diante disso, a pessoa precisa estar consciente de tudo o que está consumindo para dizer se está à caminho do seu objetivo, seja ele qual for. As dietas, neste caso, são uma maneira da pessoa conseguir o objetivo que deseja, e também de ter uma vida mais saudável.

É aconselhável sempre realizar qualquer tipo de dieta com um profissional médico e/ou um nutricionista.

alimentos proibidos

uma dieta pode ser para ganhar, perder ou manter o peso

Mas o que significa estar em dieta?

Uma dieta pode ser uma receita que especifica os alimentos proibidos ou limitados, bem como as quantidades para cada paciente.

Esta receita inclui uma lista de dicas sobre como preparar, cozinhar e distribuir alimentos para conseguir a perda de peso, ganhar e/ou manter o peso.

É importante que esteja adaptada ao seu estilo de vida e às suas preferências alimentares, para melhorar as suas chances de sucesso.

perder peso

cada pessoa pode ter um objetivo diferente

Objetivos da dieta

Na maioria das vezes, uma dieta é prescrita com a finalidade de perder peso, ganho ou manuntenção. No entanto, em alguns casos, pode ser uma recuperação de peso ou uma dieta adaptada a uma patologia, como diabetes, por exemplo.

Além disso, não se trata apenas de perda de peso, mas de uma melhora geral do estilo de vida, com atividade física e uma boa qualidade de sono. Além disso, uma dieta evitará o aparecimento de certas doenças crônicas relacionadas ao excesso de peso (diabetes, distúrbios cardiovasculares, hipertensão, etc).

A dieta, no geral, vai enquadrar aquilo que você mais precisa consumir diante as suas deficiências e aquilo que você deve evitar também, essas duas estratégias caminhando juntas para te ajudar a chegar ao seu objetivo.

Quem pode fazer dieta?

A OMS, Organização Mundial da Saúde, define sobrepeso e obesidade como "acúmulo anormal ou excessivo de gordura que representa um risco para a saúde". Nos adultos, a medida de base do excesso de peso é o IMC: o Índice de Massa Corporal. Este índice é calculado dividindo seu peso pelo seu tamanho ao quadrado (kg / m²). Os resultados do IMC são classificados em 7 categorias:

1)Menor que 16.5: desnutrição
2)De 16,5 a 18,5: magreza
3)Entre 18,5 e 25: dentro da normalidade
4)De 25 a 30: excesso de peso
5)Entre 30 e 35: obesidade moderada
6)de 35 a 40: obesidade grave
7)Além de 40: obesidade mórbida 

 profissional de Nutrição

Busque e pesquise sobre os profissionais da sua cidade

Como encontrar meu especialista?

Em uma dieta, seja uma criança ou um adulto, é essencial consultar um profissional de Nutrição, já que ele é o especialista mais aconselhado para esse tema.

Também é possível ser acompanhado por um profissional médico, especialista em alimentação. Buscar informações sobre esse profissional e suas técnicas pode ser uma maneira de conhecer-lo melhor e saber qual melhor encaixa ao seu perfil.

Certifique-se que se o seu profissional tenha o CRM, em caso se for um médico.

consulta nutricionista

tire todas as dúvidas com o profissional

O que acontece durante a primeira consulta?

Durante sua primeira consulta com um nutricionista será feita uma avaliação completa. Por cerca de uma hora, uma entrevista detalhada será feita para descobrir seu estilo de vida, seu histórico médico e suas necessidades ou expectativas.

Será seguido de uma pesquisa alimentar precisa para definir padrões da sua alimentação e o que precisa ser melhorado. O médico pode então passar um programa alimentar adaptado à sua situação e necessidades.

Se necessário, ele também pode prescrever exames médicos adicionais, especialmente para descartar certas patologias. Em seguida alguns exames podem ser solicitados, como o exame de urina e de sangue.

Como é feito o planejamento da dieta?

Qualquer plano deve fazer parte de um tratamento médico global e que deve ser feito sob a supervisão de um profissional de saúde.

Depois de um tempo da dieta outra consulta será necessária para avaliar o progresso, e nesse sentido será feito adaptações necessárias. Esta consulta também será usada para acompanhar a evolução do seu peso e suas medições. Outras consultas serão agendadas com o seu médico com base nas suas necessidades e no programa escolhido.

O fluxo da dieta em si dependerá do programa definido pelo seu nutricionista. Em geral, ele adaptará sua dieta às suas necessidades (e suas patologias) e definirá uma atividade física adequada.

pessoas obesas

há uma melhora considerável da qualidade de vida

O que acontece depois da dieta?

Após de acompanhar um tempo de uma dieta, principalmente para pessoas muito obesas, é normal observar áreas em que a pele permaneceu em excesso após uma significativa perda de peso (braços, costas, estômago, nádegas, coxas, etc),

Dependendo da localização, existem várias soluções cirúrgicas para remover o excesso de pele. A mini-abdominoplastia é uma solução ou o lifting corporal.

No entanto, é importante lembrar que essas são operações envolvem riscos (relacionados à anestesia ou cirurgia) e efeitos colaterais, é preciso consultar um médico cirurgião plástico para verificar a sua necessidade, ou não.

Para pessoas que necessitam perder pouco peso é provável que se sintam mais leves, que seus músculos apareçam mais, que seu organismo se adapte e esteja mais rápido. No geral, as pessoas se sentem mais saudáveis e com mais autoestima.

riscos de dietas

o maior perigo é realizar uma dieta sozinho

Riscos/efeitos colaterais das dietas

Algumas dietas podem ser perigosas, quando não realizadas com um profissional qualificado ou pela a ausência de um.

Portanto, é essencial fazer o acompanhemtno com um profissional antes de iniciar qualquer dieta. Caso contrário, os pacientes correm o risco de deficiências, incluindo certos nutrientes, ou mesmo desnutrição.

O que impacta diretamente na qualidade de vida e saúde do paciente, o que é exatamente o contrário que se espera de uma dieta.

Perguntas Frequentes

  • Por que algumas dietas não dão certo? As orientações alimentares podem auxiliar as pessoas a conseguirem diminuir a balança, porém a dieta deve estar combinada com atividades físicas, não beber e não fumar. Ademais de uma vida mais saudável e equilibrada, tentando diminuir o estresse, que por si só já libera diversos hormônios que podem prejudicar no objetivo, como o emagrecimento.
  • Quanto vou emagrecer? Vai demorar muito? Como já comentamos o emagrecimento é um resultado de uma combinação de diversas atitudes que levam o paciente a ter uma vida mais saúdavel, e também o emagrecimento. Esse processo vai demorar de acordo com a pessoa e o quanto ela está disposta a trabalhar nessa mudança. Ademais, fatores de saúde, como doenças, podem prejudicar esse processo. Até mesmo por isso é muito importante consultar um profissional, e realizar exames.
  • Posso voltar a engordar depois de uma dieta? Sim, a acumulação de gordura é um processo natural e de sobrevivência do corpo, com o intuito da sobrevivencia. Sempre que você consumir mais calorias do que gastar, seu corpo irá guardar essa energia extra em forma de gordura. 

Depoimentos

"Há mais ou menos um ano comecei a low carb, como dito na experiência contada anteriormente, e ela me fez perder a compulsão por comida. Porém com as festas de final de ano eu a deixei um pouco de lado e acabei parando de emagrecer. Mas em maio desse ano eu retomei a dieta low carb juntamente com o jejum intermitente, com protocolos de ..."

Ver experiência completa

AnaCarolina71 - Contagem, Minas Gerais

"A informação que aparece nesta web é apenas indicativa e nunca pode substituir a informação que o seu médico, cirurgião ou especialista em estética e plástica deve fornecer. Se você estiver avaliando a possibilidade de realizar qualquer tratamento ou intervenção médica (também em caso de dúvidas ou perguntas), vá diretamente ao seu médico especialista para lhe fornecer as informações correspondentes. Cirurgia.net não garante ou recomenda qualquer conteúdo, procedimento, produto, opinião, profissional de saúde ou qualquer outro material e informação neste guia ou em qualquer lugar deste site."