Você sabe o que é uma mentoplastia?

Você sabe o que é uma mentoplastia?
Formada em Publicidade e Propaganda, desde que me formei, sempre fui apaixonada pelas redes sociais, sou redatora há mais de 10 anos, com experiência no setor da medicina estética.
Criação: 28 mai 2015 · Atualização: 29 set 2021

Quando se pensa em cirurgia plástica, praticamente há uma técnica específica para atuar em cada parte do corpo. Os especialistas vão aprimorando os métodos justamente para conseguir resultados satisfatórios e minimizar os riscos da intervenção. Dito isso, você sabe o que é uma mentoplastia e para que está indicada?

Trataremos neste artigo as principais informações sobre a plástica do mento, ou seja, do queixo. Fique atento para entender como funciona e quais são os principais cuidados com a intervenção.

O que é a mentoplastia e para quem é indicada?

A cirurgia tem como objetivo melhorar o contorno e a forma do queixo do paciente e afeta a região do pescoço e a parte inferior do rosto. As mentoplastias podem ser indicadas para casos de redução ou aumento do queixo, sendo essa última a mais frequente, já que a intervenção para redução envolve técnicas mais complexas e que não são puramente estéticas.

A cirurgia plástica do queixo pode ser usada para corrigir deformidades, sejam de proeminências, assimetria ou deficiência congênita. Outra possível indicação da mentoplastia é para ajudar no tratamento da apneia obstrutiva. Em linhas gerais, a intervenção implica a retração ou avanço da mandíbula, podendo haver modificação na estrutura óssea do queixo.

multiestetica-queixo2.jpg

Em alguns casos, também se faz necessário o uso de implante de silicone para melhorar a harmonia do queixo. Também é possível que haja associação com outras cirurgias plásticas, especialmente rinoplastia ou lipoaspiração do pescoço.

Qualquer pessoa pode fazer a mentoplastia?

Como qualquer cirurgia, é indispensável que haja uma indicação do médico especialista. Durante avaliação do paciente, o primeiro fator a ser considerado é se a cirurgia é capaz de proporcionar uma melhora real do contorno da mandíbula.

O próximo passo é ver se há boas condições de saúde para realizar a mentoplastia. O paciente é fotografado para documentar a condição do queixo e o trabalho do cirurgião se centra em corrigir a má posição estética.

Qual a duração da cirurgia?

Se a mentoplastia utiliza a técnica do implante para aumento do queixo, normalmente dura uma hora. O tempo de cirurgia aumenta se há necessidade de avanço ósseo, podendo chegar a duas horas de cirurgia.

Normalmente o paciente recebe alta no mesmo dia e a retirada dos pontos ocorre em uma semana. O médico prescreve analgésicos e antibiótico para diminuir o risco de infecção.

A mentoplastia é uma cirurgia indicada para os pacientes que desejam alterar a forma do queixo, seja para fins estéticos ou funcionais. Pode ser feita para aumentá-lo ou diminuí-lo, sendo a primeira muito mais frequente e menos complexa.

Se você é candidato à cirurgia de aumento de queixo, veja a seguir como é feita este tipo de cirurgia plástica e quais os cuidados com o pós-operatório.

Mentoplastia de aumento ou redução

Saiba como é feito o aumento de queixo

Antes de nada, o especialista faz um estudo detalhado do rosto do paciente, observando a forma da mandíbula, identificando onde está a falha na harmonia ou deformação. Só então se determina se a melhor opção para o paciente é a infiltração com gordura (preenchimento) ou uma cirurgia com implante.

O cirurgião plástico Haim Erel explica que mais normal é utilizar um implante para a mentoplastia de aumento.

"O aumento do mento normalmente é realizado com a inclusão de implante mentoniano de silicone sólido. O risco de rejeição é praticamente inexistente. O que poderá acontecer é a infeção local."

O especialista ainda comenta que, nos casos em que se utiliza produtos preenchedores absorvíveis, o paciente terá que renovar a aplicação aproximadamente cada ano.

A cirurgia com implante normalmente dura uma hora e o paciente é liberado no mesmo dia. É preciso uma imobilização na região por, pelo menos, 7 dias, para evitar que o implante se desloque e interfira nos resultados da mentoplastia.

Quais são os cuidados com o pós-operatório?

Nos primeiros dias após a cirurgia, é recomendado evitar esforços e movimentos bruscos no local da intervenção. O paciente deverá dormir com a cabeceira levantada e evitar dormir de lado. A retirada dos pontos normalmente acontece após uma semana, quando o cirurgião fará uma primeira avalização pós-operatória.

O inchaço na região deve durar aproximadamente duas semanas. Durante esse tempo, recomenda-se o uso de analgésicos e antibióticos, para minimizar o risco de infecções. Obviamente a prescrição deverá ser feita pelo cirurgião.

A rotina de trabalho ou estudo poderá ser retomada após 15 dias. Os edemas deverão regredir totalmente após 2 ou 3 meses, sendo possível notar o resultado final da cirurgia.

Como acontece com outras plásticas, as sessões de drenagem linfática serão uma grande aliada. Os especialistas recomendam 3 sessões por semana na região do pescoço, durante o primeiro mês.

O conteúdo publicado no Cirurgia.net (site e App) em nenhum caso pode, nem pretende substituir as informações fornecidas individualmente por um especialista em cirurgia e medicina estética ou áreas afins. Este conteúdo é meramente indicativo e não é um conselho médico nem um serviço médico de referência. Fazemos um esforço e esforço constante para manter um alto padrão e precisão nas informações fornecidas, no entanto, a precisão e a adequação das informações contidas ou vinculadas não são garantidas.