Dual Plane: inovação no aumento de seios

Dual Plane: inovação no aumento de seios
Marcelle Maia
Marcelle Maia
Jornalista formada em Comunicação Social na UFMG, apaixonada pelo o tema de cirurgia plástica e escritora da área desde de 2003
Criação: 2 ago 2016 · Atualização: 16 jul 2019

Seja com o intuito de aumentar os seios, ou seja pela vontade de deixá-los mais firmes, fato é que a mamoplastia de aumento é uma das cirurgias plásticas mais realizada no Brasil. A cada dia que passa a intervenção conta com mais recursos tecnológicos e oferece resultados mais satisfatórios.

Esse é o caso da técnica chamada dual plane, uma inovação quando se fala em aumento de seios. Diferentemente da técnica subglandular e submuscular, a dual plane propicia um implante praticamente imperceptível ao toque. Isso porque a prótese mamária é colocada em dois planos: parcialmente sobre o músculo peitoral e a porção inferior da glândula do seio.

Sendo assim, evita as marcações na pele e mantém a projeção do seio. Como explica o doutor Domingos de Paula, do Rio de Janeiro:

A técnica de dual plane é bem superior à submuscular, pois a prótese não muda com o tempo. Um dos maiores problemas da colocação submuscular, além do formato inferior ao subglandular, é que com o tempo a mama cai e a prótese não está dentro do músculo.

Para quem a dual plane é indicada?

A técnica dual plane é recomendada para pessoas magras e com seios pequenos. No entanto, também apresenta ótimos resultados em mulheres com apresentam flacidez dos seios. Esse modelo de cirurgia permite, inclusive, implante de próteses maiores, já que propicia um aspecto harmônico e natural.

Vale destacar que o tamanho ideal do implante vai depender da largura do tórax, altura e ainda tamanho dos seios da paciente

shutterstock-100617625.jpg

Mais vantagens da dual plane

A técnica dual plane conta com uma cobertura maior de tecidos, o que garante um resultado sem ondulações, o que costuma ocorrer com o implante tradicional de silicone ao decorrer dos anos.

Além disso, o pós-operatório é menos dolorido e permite a movimentação dos braços mesmo nos primeiros dias. Já dentro de algumas semanas após o procedimento a pele volta a ficar lisa e ganhar uniformidade, gerando, como dito antes, uma aparência harmônica. Além disso, outro ponto muito importante: produz cicatriz menor.

O tempo médio de duração da prótese é de 20 anos e o implante não atrapalha na realização de exames como mamografia, ressonância magnética ou ultrassonografia.

O aumento de seio por meio da técnica dual plane deve ser realizado por um cirurgião plástico especializado. O médico solicitará todos os exames necessários para definir, junto com a paciente, o tamanho da prótese. Também fará o acompanhamento pós-operatório para garantir que os resultados sejam satisfatórios.

A técnica dual plane despertou sua curiosidade sobre o aumento de seios? Então entre em nossa sessão de perguntas e deixe sua dúvida para um médico especialista.

Está interessado neste tratamento?
As informações são gratuitas!

O conteúdo publicado no Cirurgia.net (site e App) em nenhum caso pode, nem pretende substituir as informações fornecidas individualmente por um especialista em cirurgia e medicina estética ou áreas afins. Este conteúdo é meramente indicativo e não é um conselho médico nem um serviço médico de referência. Fazemos um esforço e esforço constante para manter um alto padrão e precisão nas informações fornecidas, no entanto, a precisão e a adequação das informações contidas ou vinculadas não são garantidas.

3 comentários

Pri02

· Farroupilha

· 21 jul 2017

Gostaria de saber se a técnica dual plane deixa os seios mais separados ou mais juntinhos?
MarceliseMachado
Membro destacado

· Maringá

· 31 jul 2017

Oi Pri02, tudo bem? Eu vi aqui no fórum as mulheres comentando que a técnica subglandular deixa os seios mais juntos: https://www.cirurgia.net/mamoplastia-de-aumento/forum
Dani0606

·

· 29 jan 2019

Quanto tempo leva para o silicone cair ?
Encontrar um médico