Dez alimentos para ter um cérebro saudável

Dez alimentos para ter um cérebro saudável
Carina Mello
Carina Mello
Escritora formada pela a USP em Comunicação Social, com experiência com mais de 8 anos na área de cirurgia plástica.
Criação: 1 jul 2015 · Atualização: 16 jul 2019

Existe uma relação direta entre o que comemos e como funciona o nosso corpo. Isso porque os alimentos são fonte de energia, mas há diferentes propriedades. A forma como está composta a dieta de uma pessoa interfere na disposição física e também nos processos de cognição.

Assim como os músculos, o cérebro precisa ser "alimentado". Neste artigo mostramos dez alimentos benéficos para a saúde do cérebro, que preservam a memória, melhoram a concentração e combatem a degeneração cerebral. Confira!

1) Salmão

Rico em ômega 3, o salmão também tem alta concentração de ácidos graxos, que são fundamentais para o desempenho cerebral. Quem tem deficiência em ômega 3 pode sofrer fadigas, alterações de humor e dificuldades para memorizar.

A substância promove a formação de novos neurônios e protegem os que já existem. O ômega 3 também é encontrado na linhaça.

2) Espinafre

Trata-se de um alimento rico em ferro e fundamental para aumentar a produção de hemoglobina, melhorando o desempenho dos glóbulos vermelhos e dando mais energia. Juntamente com o brócolis e outras folhas verdes (como acelga), combate os déficits cognitivos, inclusive os associados à idade, pois auxiliam a comunicação entre as células nervosas.

flickr-yanngarphoto.jpg

3) Nozes e amêndoas

As oleaginosas têm alta quantidade de ácidos graxos insaturados e vitaminas. Garantem um bom funcionamento cerebral, atuam na membrana das células nervosas e melhoram a comunicação entre ou neurônios.

4) Chocolate amargo

Além de ser um estimulante, o chocolate amargo tem a capacidade de melhorar a capacidade de raciocínio e aumentar a memória. Também previne a incidência de derrames, já que protege as paredes dos vasos sanguíneos e melhora a circulação.

5) Feijão

Rico em proteínas e carboidratos complexos, o feijão ajuda na redução da fadiga. Como tem muita fibra, mantém a sensação de saciedade por mais tempo e ajuda a estabilizar os níveis de glicose no sangue.

6) Cúrcuma

Se trata de uma planta medicinal, que pode ser consumida tanto como especiaria (feito das raízes) como em chás (infusão das folhas). Tem ação antioxidante e ajuda a prevenir doenças neurodegenerativas, como Parkinson e Alzheimer.

7) Aveia

É uma excelente fonte de vitamina B, proporcionando energia para o cérebro e ajudando a regular a transmissão de informações entre as células nervosas.

flickr-b2.jpg

8) Suco de uva e amora

Ricas em polifenóis, ajudam a prevenir o declínio da memória, melhorando a comunicação entre os neurônios. Também têm ação antioxidante, combatendo os radicais livres que causam danos às células.

Beber suco de uva ou amora diariamente pode melhorar a habilidade de aprendizagem e a memória espacial.

9) Azeite de oliva extravirgem

Também é rico em antioxidante. Suas gorduras monoinsaturadas previnem um déficit cognitivo e os quadros de perda de memória. Seu consumo diário protege o cérebro e favorece o sistema imunológico.

10) Chá verde

Tem ação neuroprotetora, graças à presença das catequinas, uma substância capaz de diminuir déficits neurológicos e perdas de memória associadas.Uma dieta variada e equilibrada é a forma mais eficaz de viver uma vida saudável. Se você necessita contatar um profissional para reestruturar sua alimentação, clique aqui.

Fotos (por ordem de aparição): por SionaKaren, YannGarOhoto e B2 (Flickr)

Está interessado neste tratamento?
As informações são gratuitas!

O conteúdo publicado no Cirurgia.net (site e App) em nenhum caso pode, nem pretende substituir as informações fornecidas individualmente por um especialista em cirurgia e medicina estética ou áreas afins. Este conteúdo é meramente indicativo e não é um conselho médico nem um serviço médico de referência. Fazemos um esforço e esforço constante para manter um alto padrão e precisão nas informações fornecidas, no entanto, a precisão e a adequação das informações contidas ou vinculadas não são garantidas.

0 comentários

Publicidade

Contate um médico