Esclareça suas dúvidas sobre blefaroplastia

Esclareça suas dúvidas sobre blefaroplastia
Formada em Publicidade e Propaganda, desde que me formei, sempre fui apaixonada pelas redes sociais, sou redatora há mais de 10 anos, com experiência no setor da medicina estética.
Criação: 19 jan 2015 · Atualização: 28 set 2021

Por meio da blefaroplastia é possível amenizar sinais do tempo presentes na área dos olhos, conseguindo um aspecto mais descansado e rejuvenescido.

O que é?

A blefaroplastia é o procedimento que melhora a aparências das pálpebras. Pode ser realizada na pálpebra superior, inferior ou em ambas, proporcionando um aspecto rejuvenescido e descansado na área dos olhos.

Para quem é indicada?

A cirurgia é indicada para a eliminação de gordura e flacidez das pálpebras. É recomendada para pessoas que tem inchaço na pálpebra superior, bolsas sob olhos e ainda excesso de pele, que às vezes prejudica a visão. Com a blefaroplastia é possível levantar o olhar, corrigir problemas de pálpebras caídas e também eliminar rugas finas da pálpebra inferior.

Como é o procedimento?

O paciente recebe anestesia geral ou sedação intravenosa, de acordo com cada necessidade. O médico realiza uma incisão, previamente planejada, na prega da pálpebra superior ou logo abaixo dos cílios na pálpebra inferior. Por essas incisões é possível remover ou redistribuir depósitos de gordura, eliminar o excesso de pele e ainda contrair músculos ou tecidos.

Os cortes são fechados normalmente com suturas ou adesivos de pele e as cicatrizes costumam ser discretas, já que as incisões são feitas em pontos estratégicos das pálpebras. A cirurgia pode demorar aproximadamente duas horas, dependendo do que se pretende corrigir.

flickr-rodolfovargas.jpg

Como é o pós-operatório?

Recomenda-se repouso na primeira semana após a cirurgia e uso de óculos escuros até a retirada dos pontos para evitar manchas. Depois de três dias o paciente já consegue ler e dentro de cinco e dez dias já pode voltar ao trabalho. O cirurgião pode receitar uma pomada lubrificante para a região dos olhos e indicar o que o paciente faça compressas frias para auxiliar na recuperação. Não é recomendado o consumo de álcool e a realização de atividades físicas nas primeiras três semanas.

Quais são os riscos?

Como qualquer cirurgia, a blefaroplastia também pode gerar complicações. Os principais riscos associados à cirurgia das pálpebras são: visão embaçada, cicatrizes desfavoráveis, infecção, olhos secos, dificuldade para fechar os olhos, sangramento e disfunção da pálpebra.

Os resultados podem ser percebidos de maneira mais evidente a partir de dois meses, quando o inchaço diminui.

Antes de realizar o procedimento, verifique se o cirurgião é especializado e se possui registro ativo para exercer sua profissão. Ele deverá lhe informar sobre os benefícios da blefaroplastia e também sobre os riscos envolvidos no procedimento.

O conteúdo publicado no Cirurgia.net (site e App) em nenhum caso pode, nem pretende substituir as informações fornecidas individualmente por um especialista em cirurgia e medicina estética ou áreas afins. Este conteúdo é meramente indicativo e não é um conselho médico nem um serviço médico de referência. Fazemos um esforço e esforço constante para manter um alto padrão e precisão nas informações fornecidas, no entanto, a precisão e a adequação das informações contidas ou vinculadas não são garantidas.