Minha barriga de volta! #Versao4.0

Tratamento realizado Vale a pena
BiaDiniz
Fortaleza (Ceará) · 30 Jul 2018

Olá! SOu Bia, mãe pela segunda vez há 4 anos. A minha segunda gestação me trouxe uns Ônus que marcaram meu corpo. Antes da escolha pela cirurgia eu percorri um caminho. Emagreci (Pra ver ajudava), fiz atividade física (sem muita disciplina... rs Mas fiz) e, por último fiz a Criolipólise. Esse tratamento era a minha "esperança" de, finalmente, ter minha barriga de volta... Mas, na verdade, expôs mais minha flacidez. :( Quem vê minhas fotos no Instagram, não acredita que eu tinha necessidade de fazer "uma cirurgia dessas"... Mas quando mostro as fotos, ficam convencidos que não fui "louca". Eu ando, 80% das vezes, com a barriga encaixada. Desde de cedo aprendi isso. Mas de lado e na prancha... minha flacidez aparecia 100%. E a barriga é a parte do meu corpo que sempre tive xodó... até pelo sinal que ganhei de nascença. :) Na primeira gestação demorei uns 2 anos pra ter tudo no lugar e, nessa segunda gravidez, já era quase 4 anos e nada. Bom, Fui investigar então. Fiz exames (há uns 2 anos) e descobrir a diástase e a hérnia umbilical... Que era um dos fatores que deixava minha barriga pior. Minha diástase era não só nos músculo dos reto, mas nos transversais. Minha barriga tinha 3 lombadas... #Horrivel Fora as dores nas costas que sentia. E, com a vida corrida, não planejei e foi passando o tempo. Até que a mãe da minha médica (que é uma amiga) havia feito alguns procedimentos cirúrgicos e ao encontrá-la cometei que estava linda com o novo busto... rs... E disse: Eu tenho uma diástase pra fazer e estou enrolando há uns 2 anos... E ela comentou: Minha filha faz, Menina! Vai lá! Ela opera pelo seu plano. Pediu todos os exames e depois que fiz marquei a consulta com a Dra. Juliana Furtado, aqui em Fortaleza. Isso foi final de maio... em Junho fiz minha primeira consulta e já saí com a data da cirurgia agendada. Eu nem acreditei! Mas as coisas têm que ser assim pra mim. Se não, não anda. Então em uma sentada comprometi as férias da família toda. Meu marido deu todo apoio e. claro, minha mãe que iria cuidar de mim. O dia chegou! 12 de julho e lá estava eu virando uma página importante para seguir em frente. Lá estou eu deixando meu corpo em ordem outra vez e já pensando nos dias de praia, novamente... Antes tive pesadelos, fiquei ansiosa... mas... Me mantive firme na decisão. A equipe dela foi maravilhosa! O anestesista (mas todos que eu encontrei foram assim... rs) com uma vibe boa! Ô povo de papo bom antes de colocar a gente pra dormir, né? E eu ainda perguntei o nome dele com sobrenome e ele, curioso, me perguntou o porquê. Daí, eu disse que tinha guardado os nomes de todos os homens que já me viram nua na vida, fora meu marido! Kkkkkk E ele caiu na gargalhada! :) Bom, minha cirurgia foi um sucesso! Fiz o reparo na diástase e na hérnia e, claro, tirei essa pele sobrando de vez! Ah, ela aspirou as mamas acessórias que tinha (Aproveitei também) Eu tive alta a noite do mesmo dia. OS TRÊS PRIMEIROS DIAS Só tive dores na região próxima ao local da Lipo. Não tive dores nos cortes e nem na coluna. Muito tédio, pela posição e comendo bem (graças a Mamãe). Tomando todos os remédios certinho... E muito sono! Senti uma "perturbação" (falo assim pq não sei explicar. Já senti depois de uma outra cirurgia que fiz, mas a anestesia tinha sido geral e essa foi peledural. Daí, o bra;co direito fica "nervoso" e tenho que ficar mexendo ele muito... não consigo ficar parada. Comentando com uma amiga (que tinha se operado um dia antes de mim por coincidência), me disse para tomar gatorade. E num é que funcionou!!!?

GracasaDeus

Só tomei banho no 3º dia. Tudo tranquilo! Fizemos a higiene que a Dra. indicou... Troquei o curativo do umbigo... Eu, aconselho, deixar um pouco mais... Nós, esquecemos e acabamos mexendo antes do tempo. :( #FicaADica

PRIMEIRA SEMANA No geral, estava muito bem. Repousando como deveria, mas... sem beber muita água. Apesar de ter comprado litros de água de côco... O consumo de água deve ser muito para ajudar na recuperação. E eu não estava fazendo isso... Como deveria. Além da médica (que sempre falava comigo) eu tinha uma amiga que havia se operado também... Nós conversávamos muito! E acompanhei, inclusive, o "sofrimento" dela com as dores pós Lipo. Usava duas cintas... Tomava um banho por dia... Comecei a ficar preocupada... ... Minha postura estava bem curvada e minha amiga me manda uma foto toda retinha pra mim... (A comparação é inevitável). Eu meio que entristeci um pouco... Preocupada, pois minha mãe estava bem cansada (pela idade e por umas doenças que ela tem que controlar, pelo desconforto de não estar em casa e, por mais que saiba que está ajudando... sempre acha que o genro não está muito feliz com sua presença... kkkkkk) e as aulas das crianças também estava chegando e eu... Não tinha certeza que conseguia andar direito e começar a fazer as coisas que precisava).

13º ao 17º DIA Comecei minhas drenagens na quarta, 13 dias após a cirurgia... E foi quase um milagre... Minha postura que estava apenas uns 40%... foi para uns 70%. Meu coração se enchei de esperança! Vou conseguir andar direito outra vez... rs

Fiz a drenagem em casa, pois tinha vergonha de andar na rua... Fiz de quarta a sábado direto! Me fez muito bem! Semana que vem farei a semana toda também para depois alterar os dias...

A história está apenas no começo!

Fiz uma linha do tempo para marcar os dias importantes... Depois compartilho!

Tem certeza de que deseja excluir essa foto?

Tem certeza de que deseja excluir essa foto?

Atualize sua experiência
Atualize sua experiência
Gostou desta história?
Conte a sua experiência com a cirurgia estética
Começar agora

Destacado

Cirurgia Awards Os especialistas mais recomedados em Cirurgia plástica e Estética de 2018 no Brasil Descubra-os! Ver todas

Mais experiências

As informações que aparecem em Cirurgia.net em caso algum podem substituir a relação entre o paciente e seu médico. Cirurgia.net não faz qualquer apologia a um tratamento médico específico, um produto comercial ou um determinado serviço.