Tayane
Tayane
Escritora, copywriter e community manager. Administradora da maior comunidade de cirurgia plástica do Brasil.
Criação: 29 Fev 2016 · Atualização: 6 Fev 2019

Destacado

Navegação

  • Informações sobre a abdominoplastia
  • O que é abdominoplastia?
  • Para quem a abdominoplastia é indicada?
  • Para que serve a abdominoplastia?
  • Como escolher meu cirurgião?
  • Como é a primeira consulta?
  • Como é o procedimento da abdominoplastia?
  • Quais são os diferentes tipos de abdominoplastia?
  • Como se preparar para a abdominoplastia
  • Como é feita a abdominoplastia?
  • Como é o pós-operatório da abdominoplastia ?
  • As cicatrizes da abdominoplastia
  • Resultados da abdominoplastia
  • Complicações ou possíveis efeitos colaterais
  • Perguntas Frequentes
  • Depoimentos
  • Bibliografía

Informações sobre a abdominoplastia

Às vezes depois de uma gravidez ou perda de peso é difícil voltar a ter o corpo natural de antes. Ao contrário do que se poderia pensar, esportes, dietas rígidas, cremes e produtos de emagrecimento nem sempre são suficientes para encontrar uma silhueta harmoniosa, e isso pode levar a um desenvolvimento complexo e, às vezes, a uma profunda infelicidade. É justamente nesses casos que, a despeito de todos os esforços realizados, não é possível obter nenhuma mudança, que a abdominoplastia se torna a única solução. No Brasil a abdominoplastia é uma das cirurgias plásticas mais realizadas.

Vídeo realizado por Dra. Silvana Resende Reis

abdômen e excesso de gordura

O que é abdominoplastia?

A abdominoplastia consiste na correção da barriga protuberante ou relaxada, para torná-la plana novamente. As causas desse relaxamento do abdômen podem ser diferentes, como o excesso de gordura, a quebra dos músculos abdominais (devido a gestações anteriores) ou a perda do tônus ​​da pele (após uma importante perda de peso). É uma intervenção muito comum e freqüentemente realizada por cirurgiões plásticos e estéticos, o que pode trazer uma grande melhora não só do ponto de vista estético, mas também da autoestima e do conforto no cotidiano dos pacientes que decidem se submeter a esse procedimento

pacientes de abdominoplastia

Para quem a abdominoplastia é indicada?

O paciente ideal para a abdominoplastia é um homem ou uma mulher com boa saúde e que tenha um acúmulo de excesso de gordura no abdômen que ele não pode descartar nem com a dieta nem com a dieta e nem com a atividade física. Esta intervenção é particularmente indicada para pacientes que sofreram dilatação excessiva dos músculos abdominais após a gravidez (também chamada de diástase abdominal).

Em geral, os pacientes que estão interessados ​​em realizar este procedimento são aconselhados a realizá-lo quando estão próximos de seu peso ideal, a fim de obter melhores resultados, ou seja, um estômago achatado e um melhor pós-operatório.

A abdominoplastia é contraindicada para pessoas com sobrepeso significativo, assim como para mulheres que desejam engravidar no futuro. De fato, neste último caso, os resultados obtidos com a intervenção poderiam ser alterados.

Pacientes que sofrem de doenças metabólicas, cardiovasculares ou pulmonares podem incorrer em riscos maiores, por isso, nesses casos, é aconselhável realizar visitas profundas com seu especialista e seguir seu conselho.

excesso de pele no abdômen

Para que serve a abdominoplastia?

O objetivo da abdominoplastia, é remover o excesso de pele e o excesso de gordura no estômago ou no abdômen e na região pubiana, seja na pele relaxada ou no tecido cicatricial (por exemplo, em seguido de cesárea).

Este procedimento cirúrgico também pode ser combinado com outras intervenções, se o paciente deseja alcançar uma maior definição e, portanto, pode ser realizado em conjunto com uma lipoaspiração.

Profissional de cirurgia plástica

Como escolher meu cirurgião?

Como acontece com qualquer procedimento de cirurgia plástica, a escolha do cirurgião é crucial para cada intervenção e para melhores resultados.

Como primeiro passo, recomendamos a realização de uma pesquisa no site da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, podendo verificar os dados de cada doutor, como, por exemplo o CRM e o RQE.
Na segunda fase da sua pesquisa, você também pode usar outras ferramentas fornecidas pela Web: leia as opiniões de pacientes já operados e veja as fotos dos resultados para ter uma ideia do tipo de trabalho que pode ser feito pelo cirurgião de sua escolha.
Também é aconselhável entrar em contato com diferentes cirurgiões e realizar várias consultas. Isso permitirá que você ouça diferentes pontos de vista, conheça as diferentes soluções que lhe são oferecidas e, acima de tudo, avalie com qual cirurgião se sente mais seguro. É importante escolher um profissional com quem estabelecer um relacionamento honesto e sincero e isso faz com que você se sinta à vontade. Uma cirurgia estética é sempre baseada em uma relação de confiança com o cirurgião.
Informação importante:
tenha sempre em mente que o bom resultado de uma operação passada não garante o sucesso ou os resultados da sua intervenção no futuro.

Consulta com cirurgião plástico

Como é a primeira consulta?

Durante a visita inicial, o cirurgião vai precisar deste para conhecer toda a história médica do paciente e realizar uma análise aprofundada que leva em conta os parâmetros morfológicos, características da pele, a condição da área dos músculos abdominais e do volume de gordura a ser retirada, que sublinha a natureza altamente personalizável desta intervenção.

No final desta primeira consulta, o cirurgião será capaz de determinar uma estimativa precisa do resultado possível e explicar todos os detalhes sobre como ocorre a abdominoplastia. Ele vai explicar qual técnica será mais adequada para cada caso, quais diretrizes seguir antes da cirurgia e quais também no pós-operatório.
Sinta-se livre para aproveitar este conselho para fazer todas as suas perguntas, falar sobre suas dúvidas e medos, e pedir ao cirurgião para ver fotos de seus pacientes anteriores.

Muitas vezes é aconselhável fazer uma ou mais consultas antes de realizar qualquer cirurgia, para que você tenha a oportunidade de abordar todas as suas perguntas para o especialista e, assim, ter uma melhor preparação antes da cirurgia.

procedimento de abdominoplastia

Como é o procedimento da abdominoplastia?

A abdominoplastia permite ao cirurgião tratar três elementos principais do abdômen:

Pele:
a remoção do excesso de pele, ou do chamado avental abdominal, que pode ser derivado de uma forte perda de peso (mesmo após uma operação de cirurgia bariátrica) ou após uma gravidez.
Gordura:
a remoção de depósitos de gordura ao redor da parede abdominal, através de uma combinação de lipoaspiração e abdominoplastia.
Músculo:
fortalecendo os músculos para alongar a região abdominal e fortalecendo e corrigindo o espaço entre os músculos (o que é chamado de diástase, freqüentemente causado pela gravidez).

diferentes tipos de abdominoplastia

Quais são os diferentes tipos de abdominoplastia?

Nem todos os cirurgiões realizam o mesmo tipo de abdominoplastia, alguns preferem uma técnica sobre a outra, e é importante para esclarecer todos os detalhes com o cirurgião antes da operação.

Miniabdominoplastia

Em alguns casos, é necessária apenas a remoção do excesso de pele sobre o abdómen, especialmente se o paciente tem apenas um afrouxamento da pele, em particular, após a perda de peso.
Abdominoplastia completa ou clássica

A abdominoplastia completa afeta a pele, a gordura abdominal e os músculos abdominais, portanto, todos os três elementos que vimos antes. Neste caso, o cirurgião primeiro realiza uma lipoaspiração, depois aperta os músculos da parede abdominal e remove o excesso de pele.
Mini-abdominoplastia
Este procedimento é indicado para pacientes que têm um excesso de pele modesto na área acima do osso púbico e abaixo do umbigo. Durante o mini-abdominoplastia o umbigo é reduzido no máximo de 1 ou 2 cm, e a cicatriz é mais curto do que o abdominoplastia clássica.

pré operatório abdominoplastia

Como se preparar para a abdominoplastia

Antes da abdominoplastia, é aconselhável consultar o cirurgião pelo menos duas vezes, a fim de resolver quaisquer dúvidas antes de lidar com a operação, mas especialmente para se preparar para o melhor dia da cirurgia.

Não é recomendado tomar analgésicos como aspirina ou anticoagulantes nas duas semanas anteriores à abdominoplastia, porque elas podem promover sangramento e aumentar o risco de incorrer em possíveis complicações. Pela mesma razão, será necessário deixar de fumar por pelo menos 2 semanas antes da operação. Também pode ser recomendado pelo o seu médico que você pare de tomar medicamentos contraceptivos por pelo menos um mês e evite contato com pessoas que sofrem de resfriados ou outras doenças infecciosas nos dias anteriores à operação. De toda forma, o seu médico vai avaliar os seus exames pré operatórios e indicar para o seu caso específico o que é melhor.

abdominoplastia completa

Como é feita a abdominoplastia?

A abdominoplastia é sempre realizada em uma sala de cirurgia na presença de um anestesista e ocorre sob anestesia geral e dura em média 2 horas. Na maioria dos casos, após a operação, o paciente precisará de uma ou duas noites de internação.

Aqui descrevemos todos os passos de uma abdominoplastia completa:

1. Lipoaspiração

Primeiro, o cirurgião realizará a lipoaspiração do abdome e dos quadris. Além de ser um passo essencial para dar bons resultados, pois o cirurgião retira o excesso de gordura e redefine a barriga, a lipoaspiração cria túneis no tecido adiposo que facilitarão a separação da pele durante o segundo passo da intervenção. É importante notar que esta fase reduz os riscos da operação.

2. Desprendimento e elevação da pele do abdômen

Durante essa fase, o cirurgião fará uma incisão de cerca de 15 cm na parte inferior do abdômen, necessária para manter a pele e reposicioná-la.Muitas vezes o cirurgião deve fazer duas incisões: a primeira acima da linha dos pêlos pubianos e a segunda ao redor do umbigo. Esta segunda incisão também servirá para reposicionar o umbigo.

3. Fortalecimento dos músculos abdominais

O cirurgião vai apertar os músculos à parede abdominal para torná-los fortes novamente, mas acima de tudo para achatar o estômago e a área do estômago. Esta tensão muscular é usada em particular para o tratamento da diástase abdominal que, como vimos anteriormente, pode ocorrer após a gravidez.

4. Remoção do excesso de pele e suturas

É nesse momento que o cirurgião corta o excesso de pele para eliminar qualquer folga da pele e criar uma sutura no baixo-ventre, que automaticamente amplia a pele abdominal. Antes da cirurgia, o paciente ou paciente deve receber um escorregão para fazer a incisão na bainha, de modo a esconder a cicatriz na medida do possível.

5. Transposição do umbigo

Finalmente, o cirurgião criará um novo orifício para posicionar corretamente o umbigo, que de outra forma seria muito baixo, uma vez que a pele estivesse esticada.

pós-operatório da abdominoplastia

Como é o pós-operatório da abdominoplastia ?

Após a operação o paciente terá que usar uma contenção cinto de cerca de quatro semanas, quer durante o dia do que à noite. As suturas aplicadas durante a operação podem ser absorvidas e não será necessário removê-las.

A abdominoplastia é um procedimento invasivo, mas as dores são variáveis ​​e toleráveis. O cirurgião prescreverá analgésicos e tratamentos apropriados para tratar do seu pós-operatório. A recuperação é rápida e algumas horas após o final da cirurgia, o paciente pode se levantar e caminhar, mas recomenda-se observar um período de repouso parcial de pelo menos 2 ou 3 semanas. Uma vez que gastaram entre 2 e 4 semanas será capaz de retornar ao trabalho, embora o melhor seja esperar pelo menos entre 4 até 6 semanas.

Após a operação, é possível que o edema e o inchaço possam ocorrer na área afetada pela operação, que pode persistir durante os primeiros 3 meses. Qualquer  anormalidade ou dúvida esteja consultando o seu profissional.

As cicatrizes da abdominoplastia

A idéia de ter uma cicatriz muito visível no abdômen após abdominoplastia tende a assustar quem está considerando a idéia de se submeter a esta cirurgia, na verdade, a cicatriz residual tende a desaparecer gradualmente, embora nunca irá desaparecer ao todo, e seu desenvolvimento dependerá das características subjetivas da pele de cada paciente.

É importante enfatizar que as cicatrizes após abdominoplastia poderia ser duas: uma cicatriz suprapúbica (isto é, acima do púbis), e uma cicatriz periumbilical (à volta do umbigo) no caso em que a transposição umbigo também foram realizadas. A primeira é horizontal e perto da região do cabelo do púbis, a sua extensão irá depender da quantidade de tecido removido, mas pode ser coberta pelo deslizamento. A segunda cicatriz vez será menos visível, porque com o passar do tempo vai ser confundida com a dobra natural do umbigo.

A cicatriz será rosa durante os primeiros 3 meses e gradualmente evoluirá por um período entre 1 e 3 anos. É aconselhável evitar a exposição solar direta durante os primeiros 3 meses e, posteriormente, usar um creme de alto fator de proteção. Para melhorar o processo de cura e cura, é aconselhável evitar fumar. Se a cicatriz criar desconforto ou constrangimento, você pode usar várias técnicas para facilitar a sua utilização, como laser ou cremes e óleos específicos recomendados pelo seu médico para aplicar uma vez que a cicatrização esteja completa.

antes e depois da abdominoplastia

Resultados da abdominoplastia

Os resultados são imediatos e visíveis desde o primeiro dia: a pele do abdômen é tenso, a barriga é mais plana e mais fino, mas vai ser inchado durante os primeiros meses.

Os pacientes são geralmente muito satisfeitos com o resultado porque é uma das intervenções que têm uma maior influência sobre estilo de vida, permitindo que aqueles que percebem isso pode voltar a ir à praia com biquíni sem se sentir desconfortável ou ser capaz de usar roupas diferentes com mais liberdade. Mas cada pessoa deve avaliar de forma séria antes de realizar uma cirurgia desse porte, já que é uma grande mudança na vida da pessoa.

Os resultados finais serão visíveis após 1 ano e a cicatriz continuará a evoluir nos próximos 2 anos. No entanto, a fim de manter os resultados obtidos, é essencial para uma mudança de estilo de vida cuidando da dieta, atividade física e evitar alterações súbitas e abruptas em peso.

No entanto, não deve ser omitido que existe a possibilidade de que, às vezes, o resultado nem sempre é o esperado ou esperado pelos pacientes. Especialmente no que diz respeito à cicatriz, que pode ser muito visível, assimétrica, irregular e, em alguns casos, pode se transformar em um quelóide. Outra possibilidade é que o umbigo seja excessivamente projetado para fora ou malfeito, tornando o resultado não natural. Caso estas eventualidades ocorram, será possível intervir novamente com um retoque a partir de 1 ano após a intervenção, a fim de corrigir esses defeitos.

Até mesmo por isso ter o contato próximo com o profissional no pós operatório é muito importante.

riscos da abdominoplastia

Complicações ou possíveis efeitos colaterais

Como acontece com qualquer procedimento cirúrgico, existe a possibilidade de incorrer em riscos e complicações. Podemos distinguir os riscos clássicos relacionados à anestesia geral e aqueles relacionados ao próprio procedimento cirúrgico. Ao escolher um profissional credenciado, qualificado e competente, os riscos da intervenção diminuem drasticamente, mesmo que nunca desapareçam completamente.

Possíveis riscos e complicações:


-Infecção
-Hemorragia
-Embolia pulmonar
-Desenvolvimento de cicatrizes hipertróficas e quelóides

Efeitos colateriais:


-Dor nas costas e nas áreas ao redor do abdome
-Inchaço
-Equimose
-Mudanças temporárias na sensibilidade na região abdominal

De qualquer forma, entre em contato com o seu profissional para tirar as dúvidas sobre o processo. 

Perguntas Frequentes

  • Se estou acima do peso, posso fazer a bariátrica ou tenho que emagrecer? É mais adequado esperar o emagrecimento para depois realizar a abdominoplastia, porque assim os resultados podem ser mais duradouros, ademais de que a cirurgia se torna menos complicada em indivíduos saudáveis. O médico durante a consulta vá calcular o seu IMC para saber em qual faixa de risco você se encontra. 
  • Quanto tempo depois da gravidez é possível realizar a abdominoplastia? "O correto é vc operar após cessar à amamentação. O tempo mínimo são 6 meses." Dr. Rodrigo Cruvinel
  • Valores da abdominoplastia? "Valores você terá que ver com um cirurgião plástico membro da SBCP após uma consulta médica. Por lei os médicos são proibidos de passar valores antes das consultas."Dr. Rodrigo Cruvinel
  • Voltando a ganhar peso depois da abdominoplastia, o que fazer? É necessário vigilar a sua saúde em um estado geral, realizar exames para ver se apresentam alguma anormalidade. Contudo, também se precisa estar de acordo com as suas atividades físicas e alimentação saudável, o procedimento é só um auxílio o resultado para a vida quem garante é o paciente nas suas atitudes diárias. 
  • Anticoncepcional antes da operação, deve-se parar de tomar?"Não faça uso desta medicação sem orientação do seu cirurgião. Há aumento do risco de trombose e embolia, portanto não utilize este ou outro medicamento sem orientação."Dra. Rosimara Bonfim
  • É verdade que na abdominoplastia só se pode tirar 10% da gordura total? "A abdominoplastia é para retirada do excesso de pele e gordura infraumbilical e é sempre associada a lipoaspiração, na lipo retiram,os com segurança até 7 % do peso corporal, a cirurgia deve ser realizada em hospital" Dr. Luiz Haroldo Pereira

Depoimentos

"4 anos atrás fiz uma lipoescultura é uma abdominoplastia, devido a duas gravidez, minha barriga ficou muito flácida, mesmo depois de emagrecer a flacidez não foi solucionada, então com muito esforço eu planejei minha cirurgia. Melhor decisão da vida, um sonho realizado, não temi perigo algum, pois confiei muito no meu cirurgião plástico. Meu pós operatório foi difícil, mas em momento algum eu me queixei ou me arrependi, pois aquele era o meu sonho realizado. São 4 anos de uma nova vida, de uma autoestima maravilhosa, cirurgia plástica me trouxe segurança, um novo jeito de lidar com o meu eu... felicidade e satisfações me resume. A profissional que fez a minha drenagem também foi de total importância para minha recuperação, excelente profissional."
Ver experiência

HelenFreitas - Brasília (Distrito Federal), Distrito Federal

"No dia 23/10/18 realizei minha cirurgia. Depois de muito tempo sou uma pessoa totalmente feliz. Eu sou magra porém minha barriga tinha várias cicatrizes, tive 2 cesarias. Câncer de ovário. O que resultou em uma barriga deformada. Além disso também estava com 2 hérnia incisionais e 4,5 cm de diastase . Fui a vários médicos em Salvador pq queria fazer pelo meu plano. O médico que era credenciado disse que não tinha jeito que minha barriga não ia ficar boa e ele não faria bem se fosse partícular em fim foi uma luta. Mas encontrei minha Dra que foi um anjo em minha vida. Me deu os pedidos o a cirurgia pelo plano porém ela n era credenciada (paguei os honorários). Me sinto uma nova pessoa. Um sonho realizado. Recomendo muito a Dra Ilana de Sá."

Ver experiência

Cristiane307 - Lauro de Freitas, Bahia

"Em dezembro/2014 decidi mudar minha vida, pesava 120kg e acordei decidida que ia dar a volta por cima e ia emagrecer. Sempre fui gorda desde pequena e tentei diversas vezes ir em nutricionistas e endócrinos mas nunca tive resultado por que nunca consegui me controlar. Senti que dessa vez ia ser diferente e alterei toda minha alimentação. Após muita briga com meu cérebro que mandava que eu comesse tudo que via pela frente e o desespero por ver meu corpo se transformar em um corpo cheio de excessos de pele consegui emagrecer 50kg e dia 29 de julho consegui através do plano de saúde realizar a dermolipectomia.O plano de saúde me auxiliou bastante mas ele não cobre a cirurgia reparadora das minhas coxas e braços e possuem muito excessos de pele. Hoje peso 69kg e ainda sofro muito por causa dos meu excessos de pele nos braços e coxas, mas sei que valeu muito a pena e ainda está valendo. Faz dois meses que realizei minha cirurgia e agora já comecei a fazer academia e estou me sentindo muito bem, ainda mais que após o procedimento cirúrgico não senti nem mesmo dores e em duas semanas já estava de volta a o trabalho."

Ver experiência

AlessandraDavies - Canoas (Rio Grande do Sul), Rio Grande do Sul

"A informação que aparece nesta web é apenas indicativa e nunca pode substituir a informação que o seu médico, cirurgião ou especialista em estética e plástica deve fornecer. Se você estiver avaliando a possibilidade de realizar qualquer tratamento ou intervenção médica (também em caso de dúvidas ou perguntas), vá diretamente ao seu médico especialista para lhe fornecer as informações correspondentes. Cirurgia.net não garante ou recomenda qualquer conteúdo, procedimento, produto, opinião, profissional de saúde ou qualquer outro material e informação neste guia ou em qualquer lugar deste site."

Colaboradores do tratamento